Sanders vence especial interrompida por chuvas e assume liderança nas motos no Dakar

Num dia conturbado do Dakar 2023, Daniel Sanders venceu as motos, única classe que foi até o fim da especial, marcada por chuva. Nos quadriciclos, só seis chegaram ao checkpoint em que tudo foi interrompido

3ª etapa: Alula – Ha'il
Deslocamento: 222 km
Trecho cronometrado: 447 km
Percurso total: 669 km

A terceira especial do Dakar 2023 foi encerrada antes da hora, nesta terça-feira (3), para a competição de carros, por conta das condições climáticas. Mas as motos, que saíram antes, em sua maioria cumpriram o caminho naturalmente entre Alula e Ha'il, na Arábia Saudita. Daniel Sanders completou a especial em 4h24min15s e chegou na frente.

Relacionadas

Na realidade, Sanders podia ter vencido a etapa de ontem, mas não quis. Literalmente, não quis: freou a moto perto do fim e permitiu a ficar com tempo pior que o de Mason Klein, porque não queria largar na frente e abrir a pista na terça-feira. Desta feita, confirmou a vitória para a GasGas.

A segunda colocação ficou com Skyler Howes, que concluiu o trajeto com 6min19s de defasagem para o australiano Sanders. Klein ficou na terceira colocação.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Daniel Sanders chegou a Ha'il líder do Dakar (Foto: Red Bull Content Pool)

O top-10 da especial contou ainda com Kevin Benavides, Joan Barreda Bort, Toby Price, Pablo Quintanilla, Adrien van Beveren, Joaquim Rodrigues e José Ignácio Cornejo, este 16min08s atrás de Sanders.

A notícia ruim do dia fica pelo abandono de Ricky Brabec. O vencedor do Dakar 2020 sofreu uma queda no quilômetro 274 da especial e acabou deixando a especial incompleta.

Com o resultado do dia, Sanders assumiu a liderança da classificação geral: tem 14h05min38s de tempo total contra 14min09s42s de Klein. Benavides, 6min53 atrás, é o terceiro.

F1-1.jpeg" alt="" class="wp-image-642644" />
Alexandre Giroud terminou o dia na frente entre os quadriciclos (Foto: Dakar)

Giroud chega na frente em etapa interrompida e com resultado incerto

A etapa dos quadriciclos foi interrompida pela metade. Entre os seis que conseguiram alcançar o último checkpoint, Alexandre Giroud chegou em 4h44min31s: 14min13s na frente do segundo postado, Francisco Moreno Flores. Também conseguiram chegar Juraj Varga, Giovanni Enrico, Laisvydas Kancius e Pablo Copetti.

Não há classificação geral no momento, porque a organização fará um cálculo do ponto que estavam quando a disputa foi interrompida em referência à largada do dia.

Nos próximos dois dias, o Dakar segue na cidade de Ha'il, com estágios internos. Na quarta-feira, caso as condições climáticas permitam, a quarta especial conta com 425 km e deslocamento total de 574 km.

Dakar 2023, Motos, Classificação geral após terceira especial:

1D SANDERSGasGas14:05:38 
2M KLEINBas14:09:420:04:04
3K BENAVIDESKTM14:12:310:06:53
4S HOWESHusqvarna14:14:130:08:35
5J BARREDA BORTJB14:16:150:10:37
6T PRICEKTM14:16:380:11:00
7P QUINTANILLAHonda14:22:340:16:56
8A VAN BEVERENHonda14:27:080:21:30
9M WALKNERKTM14:27:400:22:02
10R BRANCHHero14:29:200:23:42
Paddockast #180: Las Vegas e Catar dentro, China fora: o que esperar do calendário da F1 2023?