Temporal desaba e causa bandeira vermelha no GP da Holanda a 7 voltas do fim

De repente, o céu desabou sobre Zandvoort e trouxe um salseiro no GP da Holanda. A direção de prova, então, optou pela bandeira vermelha na volta 65 de 72

A dez voltas do final do GP da Holanda, eis que o céu de Zandvoort simplesmente desabou e trouxe um verdadeiro caos na corrida deste domingo (26). O primeiro a entrar nos boxes foi Sergio Pérez, mas todos correram para calçar os intermediários em sequência.

Só que o volume de chuva era para pneus de chuva extrema, e os pilotos precisaram retornar para os pits. No entanto, antes que todos estivessem com os compostos certos, a direção de prova acionou o safety-car virtual. Gunyu Zhou bateu forte, e então veio a bandeira vermelha.

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Guanyu Zhou bateu em meio ao temporal (Foto: F1 TV)