Pérez torce por fim de semana limpo no Brasil e diz que meta é "fechar temporada em alta"

Sergio Pérez explicou ainda que a Red Bull precisa manter a consistência e ter um carro similar ao deste ano para brigar pelo título de 2023 desde o início da temporada

O terceiro lugar no GP da Cidade do México deixou Sergio Pérez com uma ponta de frustração, mas a expectativa para o fim de semana no Brasil é poder mostrar o verdadeiro ritmo da Red Bull. O mexicano briga pelo vice-campeonato da temporada 2022 da Fórmula 1 contra Charles Leclerc, da Ferrari, mas destacou que o principal objetivo dos taurinos é manter o ritmo, já de olho em começar bem 2023.

Pérez foi questionado durante a coletiva de imprensa em Interlagos sobre as chances de vitória para o GP de São Paulo. O piloto da Red Bull começou lamentando os problemas que teve diante de sua torcida — Pérez reclamou do tempo perdido no pit-stop e acabou não conseguindo acompanhar o ritmo de Lewis Hamilton.

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Sergio Pérez vai em busca de um resultado ainda melhor em Interlagos (Foto: Red Bull Content Pool)

"Nós simplesmente queremos manter essa fase fluindo", disse Pérez. "Tivemos muitos problemas no fim de semana do México, achei realmente que um resultado muito melhor seria possível. Então, espero que possa ser um fim de semana limpo, sem problemas, e que possamos mostrar o nosso verdadeiro ritmo — que não tivemos nas últimas corridas", acrescentou.

Em seu segundo ano com a Red Bull, o mexicano conquistou mais duas vitórias e chegou a vislumbrar uma briga pelo título contra o companheiro de equipe, Max Verstappen, logo após o triunfo em Mônaco. Pérez, no entanto, ressaltou que ainda há trabalho a fazer para brigar para valer pelo título em 2023.

"Certamente [2022] começou muito bem. Alguns problemas de confiabilidade no início, mas as coisas funcionavam na pista. Entramos na briga pelo campeonato bem cedo. Tive algumas corridas ruins que me tiraram da briga pelo título, então há certo trabalho a fazer junto à equipe para garantir que a gente mantenha essa consistência para voltar no ano que vem para brigar pelo título — se tivermos um carro similar no ano que vem. Então, é importante que terminemos a temporada em alta para que possamos voltar em 2023 com um início forte de ano", finalizou.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL e cobre o GP de São Paulo de Fórmula 1 ‘in loco’ com Ana Paula Cerveira, André Netto, Evelyn Guimarães, Felipe Leite, Gabriel Curty, Luana Marino, Rodrigo Berton, Pedro Henrique Marum e Victor Martins.