Kubica sente-se preparado para testar um carro de Formula 1

Robert Kubica, que correu na Formula 1 entre 2006 e 2010, garante estar apto para testar um carro de Formula 1, seis anos depois de um aparatoso acidente durante uma etapa de Rali, na Itália, onde sofreu gravíssimas lesões no seu braço, perna e mão direita.

No entanto, nem sempre foi assim, com o piloto polaco a admitir que durante muito tempo não se sentiu em condições de se voltar a sentar num carro de Formula 1.

Relacionadas

"Há 3 anos atrás ofereceram-me a oportunidade de testar um carro de Formula 1, mas naquela altura eu não estava suficientemente confiante para me sair bem", disse Kubica.

"Eu sei que, muitas das vezes, oportunidades como esta só surgem uma vez, mas eu sempre quis estar seguro da minha condição e sobre o que eu seria capaz de fazer. E se eu não tiver a certeza, digo sempre a mim mesmo para esquecer."

"A minha condição física não é muito comum e poucas pessoas passam por circunstâncias semelhantes. Toda a gente reage de forma diferente, e isso pode ser algo muito pessoal."

Quando questionado sobre se aceitaria testar um carro de Formula 1 agora, Kubica disse: "Sim. Hoje teria respondido de forma diferente, gostava de experimentar um carro de Formula 1."

"Já passou algum tempo [desde que pilotei um], portanto teria de provar a mim mesmo aquilo de que sou capaz. Mas acho que o consigo fazer bem."

"Gostava de reviver a emoção que é a Formula 1. Testei em vários simuladores e estou convencido de que seria capaz de pilotar em 80% das pistas do calendário da Formula 1, mas não todas."

"Testar um carro de Formula 1 é uma coisa, um fim-de-semana de Grande Prémio é outra completamente diferente."

"Nas últimas 3 temporadas em que estive na Formula 1, consegui alcançar um nível de performance notável. Um nível que penso não conseguir igualar agora."

"Em 2010, com a Renault, não cometi nenhum erro. E para chegar a esse nível é preciso trabalhar muito duro, durante muitos anos", finalizou o piloto polaco.

Robert Kubica foi recentemente confirmado como piloto da equipa ByKolles para competir no WEC em 2017.