Confira declarações dos pilotos após sexta-feira de treinos do GP de Abu Dhabi

Charles Leclerc liderou o TL2 do GP de Abu Dhabi, à frente de Lando Norris e Max Verstappen. Confira tudo que os pilotos disseram após as duas primeiras atividades do fim de semana

Fórmula 1 encerrou o primeiro dia de atividades do GP de Abu Dhabi com um treino repleto de novatos e o outro com duas bandeiras vermelhas. No fim, a Ferrari viu Charles Leclerc liderar o TL2, com Lando Norris em segundo e Max Verstappen em terceiro.

Valtteri Bottas completou o top-3 com a Alfa Romeo, enquanto Sergio Pérez colocou o segundo carro taurino em quinto lugar; George Russell foi o quinto e Guanyu Zhou, sexto.

Relacionadas

Lewis Hamilton, Pierre Gasly e Oscar Piastri completaram as dez primeiras posições. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP de Abu Dhabi de Fórmula 1. No sábado, o TL3 inicia às 7h30, com a classificação às 11h. Por fim, a largada, no domingo, está programada para as 10h. Em SEGUNDA TELA, o GP acompanha a etapa com transmissões da classificação, da sprint e da corrida. Na sexta-feira, no sábado e no domingo, o BRIEFING repercute tudo que acontece na etapa final da temporada 2023.

Confira as declarações dos pilotos nesta sexta-feira de GP de Abu Dhabi:

Charles Leclerc, primeiro: Leclerc diz que Ferrari “parece bem” e traça meta: “Classificar na frente da Mercedes”

Lando Norris, segundo: Norris prevê classificação apertada no GP de Abu Dhabi: “0s2 pode significar 6 posições”

Max Verstappen, terceiro: Verstappen vê Red Bull longe em Abu Dhabi e reclama de incidentes: “Precisam se mexer”

Valtteri Bottas, quarto: "É definitivamente muito bom terminar ambas as sessões em quarto, embora seja bastante difícil dizer onde realmente estamos no final. Tivemos algumas sessões incomuns hoje: a primeira com vários pilotos novatos e a segunda afetada por duas bandeiras vermelhas consecutivas – portanto, não permitindo que todos fizessem boas voltas. A sensação no carro é muito boa, o que é promissor para os próximos dias. É claro que ainda há um longo caminho a percorrer e precisamos estar no nosso melhor para a classificação e também para a corrida de domingo. Nossa meta para sábado continua sendo o Q3, e, se fizermos nosso dever de casa direito durante a noite, temos uma chance sólida de alcançá-lo amanhã."

Sergio Pérez, quinto: Pérez reclama de interrupções e tráfego no TL2 de Abu Dhabi: “Não foi um dia tranquilo”

Max Verstappen em Abu Dhabi (Foto: AFP)

George Russell, sexto: Russell vê dia “relativamente bom”, mas admite: “Não sabemos como estão os rivais”

Guanyu Zhou, sétimo: “Foi um bom dia, estou feliz por ter conseguido acelerar, apesar das bandeiras vermelhas que atrapalharam o TL2. Tivemos um bom ritmo e me senti confortável com o equilíbrio, então foi um dia tranquilo para mim. Efetivamente, fizemos 18 voltas a todo vapor, mas o carro parecia estar no lugar certo e esse era o início do fim de semana que precisávamos. É bom ver que conseguimos ganhar confiança e que as atualizações que trouxemos parecem estar funcionando bem. Ainda é sexta-feira, mas estamos na janela certa. Ainda assim, precisaremos melhorar esta noite se quisermos continuar competitivos, porque todos os outros o farão."

Lewis Hamilton, oitavo: Hamilton vê “dia desafiador e muito trabalho” para Mercedes em Abu Dhabi: “Estou longe”

Pierre Gasly, nono: "Começamos nosso fim de semana em Abu Dhabi aqui em Yas Marina com um dia de treinos interessante, o treino foi encurtado devido às duas bandeiras vermelhas no TL2. Em primeiro lugar, estou feliz que Carlos [Sainz] esteja bem, pois pareceu um grande impacto. Da nossa parte, com as corridas que conseguimos fazer, tivemos um dia bastante normal no carro. Penso que estamos numa boa posição e agora é importante dedicarmos algum tempo e fazermos o nosso trabalho durante a noite para encontrarmos algumas melhorias antes da classificação. Estou me sentindo confortável e veremos o que o amanhã traz."

Oscar Piastri, décimo: Piastri lamenta interrupções no TL2 de Abu Dhabi, mas se diz confiante: “Q3 é o mínimo”

Fernando Alonso, 11º: Alonso reclama de “azar com bandeiras vermelhas” em Abu Dhabi: “Aprendi pouco”

Daniel Ricciardo, 12º: "Acho que foi um dia sólido. Senti os aspectos positivos das atualizações imediatamente no TL1 e pudemos ver os benefícios disso. Fizemos algumas alterações no TL2, tentando explorá-lo e obter o melhor pacote. Foi uma sessão ligeiramente interrompida, por isso ficamos um pouco comprometidos com o nosso programa, mas tenho a certeza que outros também ficaram. Olhando para nós, estou confiante de que podemos encontrar ainda mais desempenho, por isso não estou muito preocupado com as nossas posições no TL2. Parecia que tínhamos um ritmo decente com os pneus médios, então acho que seremos um carro entre os dez primeiros se acertarmos".

Lance Stroll, 13º: "Apesar das duas bandeiras vermelhas no TL2, ainda tivemos um bom desempenho hoje. Tive uma boa noção do carro para amanhã e estou satisfeito com os dados que coletamos hoje para chegar ao Q3. Estou ansioso pela corrida de domingo e vamos nos esforçar muito para terminar a temporada em alta."

Esteban Ocon finalizou o TL2 em 14º (Foto: AFP)

Esteban Ocon, 14º: "O último dia de treinos de sexta-feira do ano não começou nas melhores condições. Infelizmente, estou bastante doente desde quarta-feira e não me senti bem ao entrar no paddock hoje. Tivemos Jack [Doohan] no carro para o TL1, onde ele testou vários itens diferentes. Ele teve uma boa sessão e depois conquistou a pole-position na Fórmula 2 logo depois, está de muito parabéns! O TL2 foi interrompido com duas bandeiras vermelhas e, portanto, um número muito limitado de voltas. Fizemos o melhor que pudemos e já estou ansioso por ter mais voltas amanhã para estar o mais pronto possível para a última classificação do ano. Há mais por vir de nós."

Yuki Tsunoda, 15º: "No geral, hoje foi um dia positivo. Coletamos muitos dados sobre as atualizações que trouxemos aqui e aprendemos muitas coisas. Sinto uma clara diferença e definitivamente demos um passo positivo no desempenho. Ainda há algumas coisas a fazer e ajustar para juntar tudo, mas já percebi os passos que tivemos. Esperamos que isso nos permita lutar no Q3 amanhã, acho que é possível. Vamos aproveitar esta oportunidade e maximizá-la."

Alex Albon, 16º: “Sinto-me um pouco em desvantagem neste fim de semana, mas obviamente não estou sozinho nisso, com um grupo de pilotos todos na mesma situação depois de ficarem fora do TL1 e da sessão de TL2 interrompida. Realisticamente, o ritmo de longo prazo é bom e estamos nos sentindo atualizados com isso, no entanto, o setup também não é fácil, então teremos de olhar para o lado da garagem de Logan para ver o que eles aprenderam hoje. Sinto-me confiante quando se trata da luta pelo sétimo lugar, então vamos nos concentrar apenas em nossa própria corrida e ver como vamos."

Kevin Magnussen, 17º: "No TL2 não conseguimos uma volta com pneus macios, por isso antes da bandeira vermelha eu estava em quarto, então nada mal. É difícil dizer onde realmente estamos até amanhã, então veremos. Não aprendemos nada com o pneu macio, já que não o usamos, então optamos por fazer uma simulação de corrida com o composto médio, enquanto outros fizeram uma simulação de classificação com os macios, então pelo menos conseguimos mais voltas.do que outros nos médios."

Logan Sargeant, 18º: "O mais importante a partir de hoje é que temos um carro que parece bom com muito combustível, mas é mais rápido quando estamos com pouco combustível, por isso precisamos tentar diminuir essa diferença amanhã no TL3. O carro parece que está em um bom lugar e me sinto bem, por isso estou ansioso para fazer mais algumas corridas amanhã antes da classificação. AlphaTauri parece ter um ritmo forte com combustível baixo e alto, mas espero que nosso ritmo seja bom o suficiente para desafiar nossa concorrência antes do fim de semana."

Carlos Sainz, 19º: Sainz culpa oscilação na pista por acidente no TL2 de Abu Dhabi: “Perdi o controle”

Nico Hülkenberg, 20º: "Foi um erro da minha parte, só queria um pouco demais. Perdi o carro, não foi um grande impacto, mas encerrou a minha sessão, por isso foi um dia muito curto no geral, com apenas uma volta, já que também não guiei no TL1. O TL3 é durante o dia, com temperaturas de pista muito mais altas, então não é realmente representativo e não é ótimo em termos de aprendizado para o carro, mas será útil para me sentir confortável no carro."

Confira as declarações dos pilotos novatos que participaram do TL1 do GP de Abu Dhabi:

Felipe Drugovich, segundo no TL1: Drugovich comemora 2º lugar e vê "bom" TL1 em Abu Dhabi para "coletar dados"

Robert Shwartzman, oitavo no TL1: "Foi um dia bastante positivo da minha parte, pois tudo correu bem e no geral estou muito feliz. Concluímos o programa que tínhamos planejado e, em termos de tempo de volta, estive perto do Carlos, que foi a minha referência hoje. Tivemos de controlar bastante os pneus traseiros e o carro estava rígido, então foi um bom desafio."

Felipe Drugovich ficou em segundo lugar no TL1 (Foto: Aston Martin)

Frederik Vesti, 12º no TL1: "Participar do meu segundo TL1 foi uma experiência incrível. Há muito tempo que anseio por isso, especialmente porque foi numa pista que conheço bem. Fiquei muito satisfeito com o andamento da sessão e progredi bem. Estava muito mais confiante com o carro do que no México, dado o conhecimento que adquiri naquele TL1. Sempre há coisas que você pode melhorar e havia mais potencial por aí. Estou ansioso para voltar ao carro na terça-feira para o teste e continuar esse desenvolvimento. Mais uma vez, um grande obrigado ao Toto e à equipe por me dar a oportunidade e me apoiar."

Theo Pourchaire, 14º no TL1: "Guiar esse carro é sempre uma sensação incrível e agradeço à equipe pela confiança que depositaram em mim e pela oportunidade que me deram de contribuir com o nosso trabalho hoje. Estava realmente ansioso por pilotar, especialmente depois de ter perdido o México, e estou satisfeito com a sessão produtiva que tivemos. A pista estava bastante verde e não havia muita aderência, mas me senti melhor a cada volta e sinto que tivemos uma boa progressão nos compostos duros para os macios. Estou feliz por ter ajudado a equipe na sessão e estou ansioso para voltar ao carro no teste de pós-temporada, especialmente para sentir a diferença nos níveis de aderência após todo o fim de semana de corrida."

Pato O'Ward, 15º no TL1: "Depois do TL1, eu só queria estar no carro para o TL2! Foi uma sessão tranquila. Conseguimos trabalhar em nosso plano de corrida e completar todas as voltas que pretendíamos. Acho que, de minha parte, ainda há muito de tempo de volta, então estou muito animado por estar de volta ao carro na terça-feira para o teste, onde espero conhecer melhor o carro e continuar melhorando. Até lá, tentarei ajudar a equipe a ter um bom fim de semana no GP de Abu Dhabi."

Pato O’Ward esteve ao volante da McLaren (Foto: AFP)

Jake Dennis, 16º no TL1: "Que experiência incrível, só posso agradecer à Red Bull pela oportunidade de pilotar este carro. É imaculado guiar e esses momentos não acontecem com muita frequência em sua carreira. É tão diferente do que estou acostumado, a primeira volta foi alucinante, o quão rápidos esses carros são e quanta força descendente e capacidade de frenagem eles têm. Foi um dia frio no escritório e saí do carro com um grande sorriso no rosto. Eu trabalho muito no simulador para a equipe, então é bom correlacionar o máximo possível com o simulador e é impressionante o quão próximo ele está. Eu tinha aquele fator de medo, que obviamente você não tem no simulador e nas forças G. Foi um pouco desafiador, mas devolvi o carro inteiro ao Max!".

Isack Hadjar, 17º no TL1: "Hoje foi um dia muito bom! Foi muito movimentado guiar na F1 e na F2 no mesmo dia, mas foi uma experiência muito boa, é um grande passo da F2 para a F1. Guiar o carro mais rápido do mundo foi ótimo, foi ótimo. Estava fora deste mundo, especialmente nestas condições na pista."

Zak O'Sullivan, 18º no TL1: "Em primeiro lugar, gostei muito de hoje. Foi a minha primeira vez em Abu Dhabi e a primeira vez que guiei um carro de F1 da Williams. Fiz bons progressos ao longo da sessão, controlando o carro e os diferentes procedimentos. Obrigado à Williams por me dar a oportunidade. Mal posso esperar pelo teste de pós-temporada na terça-feira, para refinar algumas das coisas que aprendi no TL1 e fazer mais progressos."

Oliver Bearman, 20º no TL1: "Estou muito feliz por ter completado mais um TL1 e acumulado mais quilometragem em um carro de Fórmula 1, nunca vou reclamar disso. Foi uma sessão positiva, desenvolvi passo a passo, o carro estava bem embaixo de mim e completamos o programa – é para isso que estou aqui. Acho que a equipe está feliz, mas não pude conversar com eles, pois tive de voltar para a Fórmula 2 depois, então é isso que farei esta noite."