Sainz vê 6º lugar "melhor que esperado" em "fim de semana do avesso" na Holanda

Carlos Sainz, apesar da sexta posição, não teve um dia fácil na classificação para o GP da Holanda, já que a Ferrari não se acertou com a pista de Zandvoort

Em dia com condições complicadas devido à chuva que caiu durante a manhã, Carlos Sainz ainda conseguiu garantir, neste sábado (26), a sexta posição na classificação para o GP dos Países Baixos. O piloto da Ferrari passou por momentos difíceis junto com o restante da equipe para avançar no Q1 e Q2, mas comemorou o resultado. Segundo o espanhol, foi melhor que o esperado. 

O dia em Zandvoort se mostrou extremamente desafiador, não apenas pelas condições climáticas, mas também às particularidades do monoposto do time de Maranello. As bandeiras vermelhas no Q3, uma delas causada por seu próprio companheiro de equipe, Charles Leclerc, também contribuíram para o resultado final.

Relacionadas

"Foi um pouco melhor do que o esperado, considerando como o fim de semana estava indo, com tudo do avesso desde o início, já que não participei do TL1 e com o TL3 com pista molhada", comentou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Espanhol da Ferrari ainda afirmou que final de semana está do avesso (Foto: Ferrari)

"Parecia que não conseguiríamos passar para o Q3, mas progredimos, acertamos na estratégia e, no final, terminamos em sexto, algo que, se me oferecessem antes da classificação, teria aceitado na hora", completou Sainz. 

O espanhol também reconheceu que a pista de Zandvoort é uma das provas mais complexas para a SF-23 em todo o calendário da F1. "Está claro que, em circuitos de alta carga aerodinâmica, não estamos com um bom desempenho e teremos de lidar com isso. Logo teremos corridas em que nos sairemos melhor", continuou o #55, 

Sainz ainda comentou sobre como um desempenho abaixo de alguns rivais o fez ficar com uma boa posição na tabela da classificação. "Não me sinto confortável, mas acredito que conseguimos fazer uma classificação sólida enquanto os outros não foram tão bem. No final, isso nos levou à sexta posição, quando poderíamos ter ficado apenas perto do décimo lugar", afirmou.

"Amanhã, o máximo que podemos almejar é ficar entre os seis ou oito primeiros ao final da prova", concluiu o espanhol.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP da Holanda, em Zandvoort, 13ª etapa da temporada 2023. No sábado e no domingo, classificação e corrida também contam com transmissão em SEGUNDA TELA, NA GPTV, EM PARCERIA COM A VOZ DO ESPORTE. No domingo, a largada está marcada para as 10h (de Brasília, GMT-3).