Batida de Sargeant causa perda total e deixa Williams na mira da FIA por violar regras

O trabalho da Williams para reparar o carro de Logan Sargeant após o Q1 do Japão resultou praticamente em um reserva, o que é proibido pelo regulamento. A equipe foi chamada à sala dos comissários para explicar as mudanças feitas no bólido #2

A batida de Logan Sargeant no Q1 da classificação de sábado (23), em Suzuka, causou um estrago tão grande que a Williams teve praticamente de reconstruir o carro para o americano participar do GP do Japão, 16ª etapa da temporada 2023 da Fórmula 1. Só que as mudanças além do esperado — e permitido — podem gerar uma punição mais severa ao americano.

A princípio, Sargeant largará para a corrida de logo mais do pit-lane, mas a Williams foi chamada à sala dos comissários da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para dar explicações sobre o trabalho feito para reparar o bólido #2. Pelo regulamento, o número de alterações não pode ser equivalente a um terceiro carro — exatamente o que aconteceu, de acordo com documento emitido pela entidade.

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Logan Sargeant vem causando prejuízos além da conta (Foto: Williams)

"Na noite passada, a equipe Williams trabalhou no carro número 2, terceiro chassi, duas horas após o final do Q3. O chassi número 1 [de Sargeant] sofreu danos sem condições de reparo no incidente durante o Q1", diz o texto.

"Como o terceiro chassi foi montado além do conjunto que compreende a célula de sobrevivência, conforme definido no artigo 27.2 do Regulamento Esportivo, este deve ser considerado como um terceiro carro disponível ao competidor", encerrou a FIA em nota.

Sargeant saiu de traseira e perdeu o controle do carro perto dos dez minutos restantes do Q1, batendo forte na barreira de proteção e destruindo a lateral esquerda do FW45 — cena que já está virando constante na temporada, tanto que o chefe do time, James Vowles, admitiu que os incidentes então causando mais prejuízos que o programado.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP do Japão, em Suzuka. No domingo, a corrida também conta com transmissão em SEGUNDA TELA, NA GPTV, EM PARCERIA COM A VOZ DO ESPORTE.