Acosta reage após queda e comanda primeiro dia de treinos da Moto2 na Indonésia

Pedro Acosta caiu no primeiro treino da Moto2 em Mandalika, mas mostrou força para fechar o dia no topo. Tony Arbolino foi apenas o 9º colocado

O primeiro dia de treinos da Moto2 em Mandalika viu um rosto familiar na frente do pelotão. Pedro Acosta, líder do campeonato, fez 1min34s456 em grande apresentação no segundo treino livre depois de queda na primeira sessão. Arón Canet apareceu na sequência, apenas 0s180 atrás.

Sam Lowes ficou em terceiro, acompanhado por Manuel González, Ai Ogura, Jake Dixon, Fermín Aldeguer e Albert Arenas.

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Postulante ao título da Moto2, Tony Arbolino não passou na nona colocação, com Sergio García fechando o top-10 do dia na Indonésia.

Moto2 volta a acelerar neste sábado (14), com a classificação do GP da Indonésia, que acontece em Mandalika, a partir de 2h45 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa de todas as classes do Mundial de Motovelocidade.

Como foi o primeiro dia de treinos da Moto2 em Mandalika:

O primeiro treino da Moto2 foi disputado sob forte calor, com liderança de Manuel González, com 1min34s871, seguido por Arón Canet, Jake Dixon, Sam Lowes e Ai Ogura completando o top-5. Líder do campeonato, Pedro Acosta ficou na última colocação após cair na sessão.

O TL2 começou novamente com calor e temperatura na casa dos 31ºC no ar, 58ºC na pista, além de 65% de umidade, apesar do tempo aberto. Logo no começo, Mattia Casadei foi ao solo, com uma queda no setor final do circuito de Mandalika.

Apesar da pista com mais aderência, Alonso López caiu na curva 16 e foi a segunda vítima da sessão logo nos primeiros minutos. Precisando se recuperar, Acosta rapidamente achou uma volta rápida e subiu para o sexto lugar, enquanto Tony Arbolino foi para décimo.

Mostrando bom ritmo e recuperado da queda no TL1, Acosta pulou para primeiro com 1min34s900. O espanhol seguiu em evolução e foi para 1min34s674 logo depois. Sam Lowes também andou bem e foi para a terceira colocação.

Enquanto ninguém alcançava Acosta, outras posições mudavam. Fermín Aldeguer subiu para terceiro, Arenas foi para quinto e Arbolino saltou para oitavo.

Alonso López caiu no início do TL2 (Vídeo: MotoGP)

A 8 minutos para o fim, González melhorou a própria volta e fez 1min34s769, a 0s095 do líder. Ogura também foi bem e subiu para a terceira posição.

Com 5 minutos para o final, Canet reagiu e fez 1min34s636, tomando a ponta da sessão. A sensação, porém, durou pouco e Acosta rebateu com 1min34s456, retomando a liderança. O fim do dia ainda viu Arenas saltar para oitavo e Zonta Van den Goorbergh ir para o décimo lugar, mas ninguém superou o líder do certame.