Marc Márquez culpa Zarco por acidente na Alemanha: “Podia ter evitado”

Marc Márquez afirmou que Johann Zarco poderia ter evitado o acidente, pois, como quem saia do pit-lane, tinha de ficar de olho na movimentação da pista

Marc Márquez caiu no treino 2 da MotoGP na Alemanha e levou consigo Johann Zarco (vídeo: reprodução/MotoGP)

Marc Márquez culpou Johann Zarco pelo acidente no segundo treino desta sexta-feira (16) para o GP da Alemanha. O titular da Honda considerou que o rival da Pramac poderia ter evitado o acidente.

Na tarde em Sachsenring, Marc perdeu o controle da RC213V na curva 1 e caiu. A moto descontrolada, então, atingiu a Ducati de Zarco, que vinha saindo dos boxes e estava no canto esquerdo da pista, em baixa velocidade, fora da linha rápida.

Marc Márquez apontou Johann Zarco como responsável pelo acidente (Foto: Repsol)

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Quando a RC213V impactou a moto da Pramac, o estrago foi enorme. A Desmosedici acabou partida, enquanto Zarco foi lançado ao alto antes de cair no chão.

Ao fim dos treinos, Marc foi questionado sobre o lance, mas optou por apontar para Zarco.

“Essa é uma pergunta que você precisa fazer a ele, porque se eu sou o errado, eu assumo o meu erro”, disse o mais velho dos Márquez. “Mas dessa vez estou com raiva porque se alguém poderia ter evitado essa situação, era Johann. O cara que está saindo do pit-lane é quem precisa ficar de olho. E se alguém estiver vindo, sobretudo nos últimos minutos, ele precisa parar na saída do pit”, advertiu.

"Não faz sentido ficar fora da linha. Como vimos no passado ou mesmo esta manhã, com Aleix Espargaró, com [Fabio] Quartararo, é muito fácil cair naquela curva, ainda mais quando você está forçando o limite no final do treino”, apontou. “Tivemos muita sorte de escapar daquele acidente, mas já ouvi alguém dizer 'ah, Marc é perigoso'. Se alguém poderia ter evitado aquela situação, era Johann”, insistiu.

“Eu estava buscando uma volta boa, e me desculpem, pessoal, eu caí. Mas eu não quero que isso aconteça. Muitos caíram hoje, e todo mundo quer isso? Mas já fui ver o Zarco e ele está bem, então tivemos muita sorte”, avaliou.

Antes do tombo, Márquez tinha protagonizado outra cena inusitada. Ao sofrer com a performance da RC213V e precisar salvar uma queda, o espanhol de Cervera acabou mostrando o dedo do meio para o protótipo japonês, lance flagrado pela câmera on-board.

Márquez mostra dedo do meio (Vídeo: MotoGP)

“A câmera gravou bem. Foi no momento, a adrenalina estava super alta. Salvei uma queda numa curva muito rápida e, como podem imaginar, a adrenalina estava muito alta e a reação do corpo foi essa, até porque, tivemos muitos alertas no fim de semana”, justificou. “Precisamos entender como andar mais suave e um pouco mais devagar, e aí não teremos esses momentos”, concluiu.

A classificação da MotoGP está marcada para amanhã, às 5h50 (de Brasília). A largada da prova sprint acontece às 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade.

Honda precisa de solução urgente para parar de machucar pilotos