Marc Márquez cita relação Red Bull-Honda na F1 e reitera confiança: "Acredito neles"

Marc Márquez lembrou a relação da Red Bull e Honda na F1, que deu o título a Max Verstappen em 2021, e reiterou que confia na marca da asa dourada na MotoGP

Marc Márquez vive um calvário com a Honda nos últimos anos. Além dos problemas com a RC213V, o hexacampeão da MotoGP alcançou na Itália uma marca terrível: seu quarto abandono seguido — e pela primeira vez na carreira — na classe rainha. O espanhol não completa um fim de semana de GP desde a etapa na Malásia em 2022.

Ainda assim, o #93 reiterou, mais uma vez, a confiança na marca da asa dourada por mais que falte competitividade à moto.

Relacionadas

"Não é um segredo", disse ele em entrevista ao The Guardian. "Sabemos que a Honda está em um momento difícil e todos os seus pilotos estão lutando muito. Espero que juntos possamos melhorar o projeto", seguiu.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Marc Márquez enfatizou que confia na Honda (Foto: Repsol)

“Agora podemos perder um pouco o caminho e a moto não é competitiva. Mas chegaremos lá", enfatizou.

O piloto de Cervera também lamentou os abandonos na classe rainha, mas se mostrou esperançoso. Ele, inclusive, lembrou a situação da F1 — onde a Red Bull se mostra dominante e tinha o auxílio técnico da Honda na Red Bull Powertrains — e crê que a equipe na MotoGP possa fazer parecido.

“É muito difícil. Estou [116] pontos atrás do líder e, como disse, não temos a moto para sermos os mais rápido. Mas temos um calendário longo e vamos ver se conseguimos encontrar o ritmo para voltar a vencer uma corrida. Mostramos que somos rápidos em volta lançada, mas agora precisamos melhorar o ritmo e ser mais consistentes durante um fim de semana", continuou.

“Tenho um contrato de dois anos com a Honda, então meu objetivo é tentar encontrar o melhor porque estou convencido de que a Honda pode fazer isso. Veja o que eles fazem na Fórmula 1, quando forneceram o melhor motor para a Red Bull. Então, acredito neles", encerrou.

MotoGP volta na próxima semana com o GP da Alemanha, em Sachseniring.O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2023.