KTM mostra interesse em "Sr. MotoGP" Marc Márquez, mas se diz "feliz com quem temos"

Chefe da KTM, Pit Beirer afirmou que existe um interesse em Marc Márquez, mas lembrou que o espanhol tem contrato com a Honda e está contente com os pilotos da marca austríaca na MotoGP

Embora Marc Márquez tenha enfatizado seu compromisso com a Honda na MotoGP, isso não impede outras equipes de tentarem conversas. Afinal, o hexacampeão da classe rainha já mostrou por diversas vezes sua insatisfação com a falta de competitividade da RC213V — o que, muitas vezes, causa seus abandonos.

Pit Beirer, chefe da KTM, afirmou que há um interesse no espanhol que, por sua vez, tem contrato com a marca da asa dourada até o fim da temporada de 2024.

Relacionadas

“Foi dito fora de contexto que não estamos interessados ​​e não é verdade porque, em primeiro lugar, Marc Márquez tem um contrato válido e temos pilotos com contrato para este ano e para o próximo. Sabemos que Marc Márquez é um personagem marcante na MotoGP", disse ele.

“[Para ele ir para a KTM] temos de perguntar ao Marc, porque sinto que neste paddock todos estariam abertos a falar com ele,” continuou Beirer. 

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Brad Binder e Jack Miller (Foto: KTM)

Jack Miller e Brad Binder fazem parte da equipe de fábrica e têm contrato até o final do ano que vem, bem como Pol Espargaró na GasGas Tech3. Augusto Fernández terá vínculo encerrado neste ano, mas há um outro nome que chama atenção para subir à classe rainha: Pedro Acosta, que está na Moto2.

Por isso, ainda que não tenha negado interesse, Beirer colocou os pés no chão em relação a uma possível contratação. E deixou claro que o laço do #93 com a Red Bull não torna simples a troca de equipe.

“Para todas as pessoas que estão no projeto é algo incrível [existir essa possibilidade] porque ele é o 'Sr. MotoGP'. Mas não há nada mais nem nada menos porque ele tem contrato para o próximo ano. Acho que ninguém em todo o paddock sabe o que vai acontecer em 2025, e estou super feliz com os quatro pilotos que temos agora", explicou.

“Acho que muitos se perguntam por que a Red Bull não pode oferecer Marc Márquez. Só Marc Márquez pode se oferecer. Temos um ótimo relacionamento com a Red Bull e, claro, ele é um atleta da Red Bull e amigo deles, mas não é tão simples quanto duas pessoas se juntarem e dizerem: 'OK, vamos levar Marc para a KTM'. Encaramos esse 'rumor' como um grande elogio, mas ainda temos os nossos pilotos e estou muito contente com a prestação deles.", encerrou.

MotoGP volta na próxima semana com o GP da Alemanha, em Sachseniring.O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2023.