Zarco vê ultrapassagem "no momento certo" para garantir primeira vitória na MotoGP

O amargo jejum de Johann Zarco na MotoGP finalmente acabou e foi de maneira dramática, com uma manobra sobre o companheiro Jorge Martín na última volta do GP da Austrália

O GP da Austrália foi a 120ª prova de Johann Zarco na MotoGP. E depois de um longo e amargo jejum, o francês finalmente descantou na classe rainha do Mundial com uma vitória categórica. O piloto da Pramac precisou segurar rivais e ainda ultrapassou o companheiro Jorge Martín para atingir o triunfo.

Após finalmente conseguir a sonhada vitória na MotoGP depois de tantas idas ao pódio, Zarco analisou as emocionantes voltas finais da prova em Phillip Island, quando evitou ataques de Fabio Di Giannantonio e Francesco Bagnaia, mas ainda atacou Martín.

Relacionadas

"A escolha do pneu médio traseiro foi muito importante. Fiquei pensando nisso quando vi o Jorge disparar na liderança e depois na briga pelo pódio. Eu sabia que não seria fácil, mas era possível. Nas últimas cinco voltas, quando o Martín começou a perder rendimento, eu pensei que algo especial era possível, estou feliz que tenha conseguido", afirmou o francês.

"É uma emoção especial. Talvez, por mim, possamos fazer outras corridas longas ao sábado" brincou.

Johann Zarco finalmente desencantou na MotoGP (Foto: Gold & Goose/Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Apesar de estar preso em uma intensa batalha com Bagnaia, Di Giannantonio e Brad Binder, o piloto da moto #5 admitiu que via a vitória em suas mãos nas últimas voltas da prova em Phillip Island.

"Eu precisava estar atrás do Jorge nas últimas duas voltas porque poupei o pneu traseiro e queria ter boa aceleração na última volta. Não pude fazer isso antes porque gastei muito o composto, então fiz a manobra no momento certo", comentou Zarco.

"Entendo que cinco voltar antes já seria possível alcançar o Martín, pensei que poderia ultrapassar na curva 6, como fiz com o Marc. Mas se eu tivesse esperado na curva 4, seria atacado por outro piloto e isso foi importante", finalizou.

MotoGP volta às pistas na próxima semana, entre os dias 27 e 29 de novembro, para o GP da Tailândia, no circuito de Chang. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade.

LEIA MAIS
🏍️ ‘Vitória muito importante’: Granado se emociona com Moreira na Indonésia na Moto3
🏍️ ‘Visibilidade muito maior’: pilotos acreditam em impacto positivo da vitória de Moreira
🏍️ ‘Foi difícil chegar até aqui’: pais narram emoção da primeira vitória de Moreira na Moto3