Holgado lidera primeiro dia de treinos da Moto3 marcado por acidentes em Valência

Fortes pancadas e duas bandeiras vermelhas se destacaram no dia da Moto3 em Valência. Daniel Holgado foi o mais rápido quando a situação esteve livre, enquanto o brasileiro Diogo Moreira ficou com o nono lugar

A Moto3 abriu as atividades de pista da sexta-feira para o GP da Comunidade Valenciana. Correndo em casa, Daniel Holgado ficou com a melhor marca do dia, 1min38s706 e liderou as duas sessões de treinos em Valência. A atividade da tarde, porém, ficou marcada pelos acidentes.

Uma das vítimas foi Deniz Öncü, que até terminou na segunda posição, mas foi ejetado da moto no início do treino e precisou ser levado para o centro médico para exames, além de causar a primeira bandeira vermelha do dia.

Relacionadas

Joel Kelso ficou na terceira posição, seguido por Adrián Fernández e Ivan Ortolá completando o top-5. Campeão por antecedência, Jaume Masià andou leve em Valência e ficou na sexta colocação, a 0s451 do líder.

Diogo Moreira começou o dia com dificuldades e depois chegou a ser atrapalhado por bandeiras amarelas que anularam suas voltas. No fim, achou uma boa volta e se colocou na nona posição, com o tempo de 1min39s302.

Daniel Holgado dominou o primeiro dia em Valência (Foto: Tech3)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

O segundo treino livre em Valência ficou marcado, no entanto, pelos acidente. Além de Öncü, David Alonso, Ayumu Sasaki e David Muñoz caíram com violência e geraram bandeiras vermelha e amarela, respectivamente, precisando de atendimento médico na pista.

MotoGP volta a acelerar neste sábado (25), a partir de 8h50 (de Brasília), com a classificação do GP da Comunidade Valenciana, no circuito de Valência, para a etapa que encerra a temporada 2023. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade.

Confira como foi o primeiro dia de treinos da Moto3 em Valência:

O primeiro treino livre em Valência teve a liderança de Dani Holgado, com 1min38s919, seguido por David Alonso. O já campeão Jaume Masià ficou em terceiro, com os japoneses Taiyo Furusato e Ryusei Yamanaka na sequência. O brasileiro Diogo Moreira não passou da 23ª posição.

A temperatura melhorou para o TL2 da Moto3 na Comunidade Valenciana. Os termômetros marcavam 20ºC no ar, 25ºC na pista e o sol brilhava para receber os jovens pilotos. Assim que a luz verde pintou, todo o grid saiu dos boxes.

O início do TL2 em Valência (Vídeo: MotoGP)

A primeira vítima foi Kaito Toba, que caiu, mas rapidamente se recuperou e se levantou. Depois, foi a vez de Furusato cair.

Enquanto isso, Deniz Öncü acertou boa volta e foi para a terceira posição, com 1min39s714. Diogo Moreira também melhorou, mas teve a volta cancelada por conta de bandeiras amarelas.

Depois dos acidentes, os tempos começaram a baixar. Joel Kelso pulou para quarto, Ayumu Sasaki foi para quinto e Collin Veijer subiu para sexto. Moreira evoluiu apenas para o 18º posto.

A 22 minutos para o fim, Öncü caiu com muita força na curva 4. O turco foi ejetado pela moto e bateu com violência no chão, tentando se levantar sem sucesso. O piloto ficou no meio do circuito e precisou de atendimento médico, gerando bandeira vermelha.

Öncü saiu carregado com ajuda dos fiscais, levado para o centro médico. Além disso, a pista precisou ser varrida, cheia de detritos e brita levados pelo acidente.

Öncü caiu com força na curva 4 e causou bandeira vermelha (Vídeo: MotoGP)

Após cinco minutos de interrupção, o treino da Moto3 voltou com todo o pelotão saindo dos boxes novamente.

A sessão mal tinha retornado e novamente uma queda. David Alonso também perdeu o controle na curva 4, caiu com força e causou bandeira amarela a 17 minutos para o fim. O colombiano conseguiu se levantar, mas saiu mancando e andando com ajuda dos fiscais.

Com 12 minutos, todo mundo retornou para a pista. Neste momento, Moreira era apenas o 22º colocado na sessão. Por outro lado, Vicente Pérez melhorou e subiu para quinto.

A 7 minutos para o fim, Diogo Moreira cravou 1min39s302 e subiu para a quinta colocação. Ao mesmo tempo, Xavi Artigas caiu e e causou nova bandeira amarela.

O show de quedas seguiu. David Muñoz foi ejetado da moto na curva 12, bateu com as costas no chão e ficou caído à beira da pista antes de se levantar com ajuda dos fiscias e sair caminhando.

No fim, outra bandeira vermelha em Valência (Vídeo: MotoGP)

No fim, muitos tempos mudaram. Masià subiu para a sexta colocação, enquanto o companheiro Adrián Fernández foi para a quarta posição. Mais atrás, Syarifuddin Azman também sofreu dura queda, dessa vez na curva 3.

No último minuto, novamente a bandeira vermelha apareceu na pista. David Alonso novamente perdeu o controle da moto e caiu, enquanto Ayumu Sasaki acabou se envolvendo também, mas sem maiores consequências. Para o colombiano, porém, nova passagem pelo centro médico.

A sessão ainda foi retomada, mas ninguém mais melhorou os tempos.

Moto3 2023, Comunidade Valenciana, Valência, Treinos livres combinados:

1D HOLGADORed Bull KTM Tech31:38.706
2D ÖNCÜRed Bull KTM Ajo1:38.972
3J KELSOPrüstelGP CFMoto1:39.080
4A FERNÁNDEZLeopard Honda1:39.127
5I ORTOLÁMTA KTM1:39.128
6J MASIÀLeopard Honda1:39.157
7R YAMANAKAAspar GasGas1:39.187
8C VEIJERIntactGP Husqvarna1:39.203
9D MOREIRAMSI KTM1:39.302
10V PÉREZBOE KTM1:39.312
11D ALONSOAspar GasGas1:39.320
12T FURUSATOTeam Asia Honda1:39.418
13A SASAKIIntactGP Husqvarna1:39.434
14F FARIOLIRed Bull KTM Tech31:39.536
15R FENATISnipers Honda1:36.614
16X ARTIGASPrüstelGP CFMoto1:39.686
17S NEPAMTA KTM1:39.694
18J RUEDARed Bull KTM Ajo1:39.703
19R ROSSISic58 Honda1:39.881
20M BERTELLESnipers Honda1:39.905
21D MUÑOZBOE KTM1:39.931
22K TOBASic58 Honda1:39.998
23L FELLONCIP KTM1:40.111
24S AZMANMSI KTM1:40.183
25S OGDENVisionTrack Honda1:40.328
26M AJITeam Asia Honda1:40.546
27D SALVADORCIP KTM1:40.697
28M RUDAIntactGP Husqvarna1:41.279
Martín perde fôlego e deixa Bagnaia na cara do gol para bi da MotoGP