5 coisas que aprendemos no sábado do GP da Hungria de Fórmula 1 2023

A pole fenomenal de Lewis Hamilton foi marcante, mas não tirou o favoritismo de Max Verstappen no GP da Hungria. E a Ferrari e a Aston Martin despencaram mesmo, enquanto a McLaren subiu de vez

Lewis Hamilton gerou um dos grandes momentos da temporada 2023 da F1 ao cravar a pole do GP da Hungria neste sábado (22). No entanto, os sinais da Mercedes para a corrida não são assim tão positivos, enquanto a Red Bull se mostra sólida de novo e larga de segundo com Max Verstappen.

Do outro lado das duas garagens, porém, caos. George Russell ficou no Q1, enquanto Sergio Pérez, por mais que finalmente tenha voltado ao Q3, sai apenas da quinta fila, longe até do pódio em um primeiro momento.

Relacionadas

A Ferrari sofreu de novo e sai de sexto com Charles Leclerc e somente de 11º com Carlos Sainz. Na Aston Martin, também problemas, com Fernando Alonso na oitava colocação e Lance Stroll eliminado de novo no Q2. Quem sobe é a McLaren, fechando a segunda fila só para ela com Lando Norris e Oscar Piastri, bem como a Alfa Romeo, com Guanyu Zhou em quinto e Valtteri Bottas no sétimo posto.

F1 2023, GP DA HUNGRIA, HUNGARORING, SÁBADO, CLASSIFICAÇÃO, LEWIS HAMILTON, MERCEDES, MAX VERSTAPPEN AFP
Lewis Hamilton e Max Verstappen vão dividir a primeira fila do GP da Hungria (Foto: AFP)

Diante deste cenário, o GRANDE PRÊMIO aponta cinco coisas que aprendemos no sábado da 11ª etapa da temporada da F1 2023, na Hungria:

Pole de Hamilton foi lindo momento. Agora resta Mercedes responder domingo

Não dá para negar que foi muito bacana ver a emoção de Hamilton com a pole, quebrando um longo jejum, feliz da vida mesmo depois de sete títulos nas costas. E foi com uma grande volta, caprichada, primeiro lugar muito merecido. Só que a realidade é que a Mercedes ainda precisa se provar e a simulação de corrida não foi das mais maravilhosas. É ver se o trabalho do time de sexta-feira para sábado também serve para o domingo.

Red Bull perde pole, mas segue favorita

Verstappen não sai da pole e isso é mesmo uma notícia, mas segue favorito. Vive uma fase espetacular, a Red Bull parece de novo mais sólida em ritmo de corrida, larga em boa posição, tudo isso pesa bastante. Agora, olho nas McLaren e, claro, em Hamilton, que parte da frente e tem um histórico avassalador na Hungria. Podemos ver um Verstappen x Hamilton de novo? É o que os fãs mais querem.

Sergio Pérez quebrou a sequência de ausência em Q3, mas segue muito mal (Foto: Red Bull Content Pool)

Pérez volta ao Q3, mas crise segue longe de ser aplacada

Pérez avançou ao Q3 e a crise parecia pelo menos diminuir. Aí o mexicano resolveu fazer um incrível nono lugar na definição da pole e, claro, a pressão voltou de forma enorme. Piora sempre que comparamos com Verstappen, evidente, mas agora também tem um Daniel Ricciardo faminto ali perto, na AlphaTauri. E o australiano teve um retorno digno.

Ferrari cai na realidade de novo

A Ferrari vive numa montanha-russa danada e, normalmente, o carrinho está na parte inferior dos trilhos. Está lá de novo na Hungria. Em uma pista que não tem mesmo a cara dos italianos, performances tímidas na classificação e nenhum sinal de que algo muda para o domingo. Bom, talvez para pior, visto que o carro consome muito pneu.

Charles Leclerc saiu frustrado, mas ainda foi melhor que Carlos Sainz (Foto: AFP)

Aston Martin e McLaren trocam de corpos na F1 2023

A Aston Martin começou a temporada como segunda força, mas deixava dúvidas se conseguiria seguir ali com as atualizações. Bom, por enquanto, a resposta é não. Muito não. E parece até que os verdinhos trocaram de corpo com os laranjinhas, afinal, a McLaren partiu lá do meio do pelotão e, hoje, é candidata real ao segundo lugar geral. Atualizações certeiras, ótimos pilotos e um carro que, hoje, tem rendido bem em todo tipo de pista e sessão. Vem pódio amanhã de novo, hein?

Fórmula 1 retorna neste domingo para a disputa do GP da Hungria, com largada prevista para as 10h (de Brasília, GMT-3). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da temporada 2023 AO VIVO e em TEMPO REAL. Antes, a partir das 9h40, o GP abre a transmissão em segunda tela no canal 1 do YouTube, em parceria com a Voz do Esporte.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!