Miyata bate Lawson e conquista título da Super Fórmula. Ohta vence corrida 2 em Suzuka

Liam Lawson chegou à última etapa da Super Fórmula em condições de brigar pelo título, mas terminou em segundo na corrida 2 e viu Ritomo Miyata celebrar sua primeira conquista em Suzuka

Após a boa passagem na Fórmula 1, com cinco provas completas pela AlphaTauri, Liam Lawson voltou a competir pela Super Fórmula neste fim de semana. O neozelandês terminou a corrida 2 da etapa de Suzuka, realizada neste domingo (29), em segundo lugar e encerrou o campeonato na vice-liderança após o título conquistado por Ritomo Miyata. A diferença entre os pilotos foi de apenas oito pontos.

Lawson entrou na última etapa do ano com chances remotas de conquistar o título. O substituto de Daniel Ricciardo na F1 ficou em sexto lugar na corrida 1, realizada neste sábado, que foi interrompida devido a um grande acidente envolvendo Ukyo Sasahara e Hiroki Okusa.

Relacionadas

Já na segunda prova do fim de semana, apesar de largar na pole, o neozelandês foi ultrapassado por Kakunoshin Ohta logo na largada e não conseguiu mais alcançar o rival. Com isso, o neozelandês viu o piloto #6 vencer, enquanto Miyata chegou em terceiro.

Tomoki Nojiri, que largava em terceiro, também tentou atacar Lawson na primeira curva, mas acabou fora da linha ideal do traçado quando o pelotão chegou à curva 2, e isso abriu a porta para o campeão de 2023 conquistar a posição.

Liam Lawson ficou em segundo em Suzuka e no campeonato (Foto: Super Fórmula)

A corrida então se acalmou, com o líder do campeonato sendo o primeiro a fazer seu pit-stop após 12 das 31 voltas programadas. Lawson fez o mesmo na volta seguinte para se proteger do undercut.

O piloto nascido em Hastings enfrentou a pressão de Miyata logo que voltou à pista e chegou a ficar lado a lado com o rival. Apesar disso, Lawson fez o suficiente para manter a segunda posição. 

Ohta fez seu pit-stop e manteve a liderança com tranquilidade, construindo uma pequena vantagem sobre o piloto da Red Bull. Na bandeirada, a diferença entre os dois ficou em 1s5.

Com 114,5 pontos, este foi o primeiro título de Super Fórmula de Miyata e encerrou o sonho do tri consecutivo de Nojiri, um feito que não é realizado na categoria desde Satoru Nakajima, há mais de 35 anos.

Ohta venceu a corrida 2 em Suzuka (Foto: Super Fórmula)

Enquanto isso, Lawson encerrou sua temporada de estreia no campeonato japonês em segundo lugar, com três vitórias, duas em Fuji e uma em Autopolis, além de ter ganhado o prêmio de estreante do ano.

A equipe Mugen conquistou facilmente o título de equipes, com 188,5 pontos, o que deu uma vantagem de 79 tentos sobre a TOM'S, segunda colocada. A Dandelion Racing aparece logo atrás, com 69,5 tentos.

A temporada de Super Fórmula 2024, com sete etapas programadas, está agendada para começar também em Suzuka, a partir de março.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!