Acosta tem segundo match-point da Moto2 na Malásia. Confira matemática do título

Com 63 pontos de vantagem e mais 75 em jogo, Pedro Acosta tem mais uma chance de conquistar o título da classe intermediária do Mundial e só Tony Arbolino pode impedir

O Mundial de Motovelocidade chega neste final de semana a Sepang, para o GP da Malásia, antepenúltima etapa do calendário. A Moto2 é a primeira categoria que pode ser definida em 2023, com Pedro Acosta cada vez mais próximo do título na disputa contra o rival Tony Arbolino.

Com 63 pontos de vantagem e mais 75 em jogo, o espanhol tem o segundo match-point da temporada. No primeiro, na Tailândia, acabou na segunda colocação e viu Arbolino terminar em quarto, adiando assim o sonho da conquista. Para o italiano postergar a disputa para o Catar, porém, precisa de um milagre.

Relacionadas

A matemática do título é bem favorável a Acosta, precisando apenas terminar à frente de Arbolino. Confira o que o espanhol precisa para levantar a taça em Sepang:

● Acosta campeão se terminar no pódio
● Acosta campeão se terminar fora do pódio e Arbolino não for top-3
● Se Arbolino for 2º, Acosta vence se terminar entre os 9 primeiros
● Se Arbolino for 3º, Acosta vence se terminar entre os 13 primeiros

Tony Arbolino e Pedro Acosta estão na briga da Moto 2 (Foto: Gold & Goose/Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Na atual temporada, Acosta conquistou sete vitórias e outros seis pódios. Arbolino, o único concorrente na briga pelo certame, por outro lado, venceu três vezes e fez outros quatro pódios ao longo do campeonato. Depois da etapa na Malásia, a Moto2 vai para Catar e Valência.

Moto2 volta a acelerar no final de semana do dia 12 de novembro, com o GP da Malásia, no circuito de Sepang. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade.