Larson completa programa de orientação de novatos das 500 Milhas de Indianápolis

Kyle Larson completou o programa de orientação de novatos da Indy 500 nesta quinta-feira. Marcus Armstrong, Tom Blomqvist e Linus Lundqvist já tinham passado pelo processo

Campeão de 2021 da Nascar, o americano Kyle Larson teve o grande primeiro experimento na Indy nesta quinta-feira (12). O piloto completou o programa de orientação de novatos das 500 Milhas de Indianápolis, prova que disputará em maio de 2024 pela McLaren. Foi o primeiro experimento de Kyle em um monoposto da Indy.

O programa de orientação de novatos da Indy 500 é obrigatório e funciona da seguinte maneira: na primeira fase, o piloto é obrigado a dar 10 voltas entre 329 e 337 km/h. Na segunda, são 15 voltas entre 337 e 346 km/h, e a terceira, com 15 voltas acima de 346 km/h. A prática começou em 1936, após o acidente fatal de Johnny Hannon, piloto de oval de terra e que faleceu logo nas primeiras voltas no Speedway.

Kyle Larson (Foto: Indycar)

Relacionadas

Além de Larson, outros novatos da Indy 500 também completaram o programa, mas na última quarta-feira. Foram eles Marcus Armstrong e Linus Lundqvist, da Ganassi, além de Tom Blomqvist, da Meyer Shank. A importância de completar o programa ainda em 2023 é ter mais tempo livre de pista nas atividades de 2024, além de não precisar fazer a atividade sob tráfego. Os primeiros testes abertos devem acontecer em abril.

A quinta-feira em Indianápolis também ficou marcada pelos testes com novo motor híbrido da Indy. Will Power, Alexander Rossi, Colton Herta e Álex Palou testaram a nova especificação de potência da Chevrolet e da Honda.

A edição 2024 das 500 Milhas de Indianápolis está marcada para acontecer no dia 26 de maio. Josef Newgarden, da Penske, entra para a prova como atual vencedor.