Bearman conquista pole da F2 na Bélgica em classificação atingida por tempestade

Muita chuva caiu após os primeiros minutos da classificação da Fórmula 2 na Bélgica e definiu a pole para Oliver Bearman. Enzo Fittipaldi sai em 8º

Uma chuva daquelas caiu antes da metade da classificação desta sexta-feira (28), que definiu o grid para as corridas do fim de semana da Fórmula 2 na Bélgica. Com isso, o tempo competitivo foi muito pequeno E, nele, quem se deu melhor foi Oliver Bearman.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Relacionadas

Na realidade, após a chuva na segunda metade do treino livre da F1, as coisas foram amenizando durante a formação do grid da F3 até chegar ao horário da F2. O começo da tomada de tempos foi sem chuva. Mesmo que a água logo tenha aparecido e, em seguida, apertado muito, a estiagem nos primeiros minutos deu chance para que os pilotos fossem à pista.

Foi nesse período que Bearman cravou 2min05s736 e colocou 0s4 para o companheiro de equipe e postulante ao título Frederik Vesti. Ninguém conseguiu se aproximar dos pilotos da Prema. Victor Martins foi o terceiro, 1s7 mais lento.

Depois, na mais mudou. Zane Maloney, Théo Pourchaire, Dennis Hauger, Ralph Boschung, Enzo Fittipaldi, Richard Verschoor e Jehan Daruvala fecharam o top-10. Assim, Daruvala sai na frente na corrida sprint, com Fittipaldi em terceiro.

A classificação contou ainda com um acidente e bandeira vermelha, causados pelo novato Joshua Mason e que encurtou para menos de dez minutos o período de voltas rápidas possíveis na pista.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da Fórmula 1 2023 AO VIVO e em TEMPO REAL. Sábado e domingo, ainda tem a transmissão em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, no canal 1 do GP no YouTube. Na F2, a corrida sprint está marcada para as 8h45 (de Brasília, GMT-3) do sábado. No domingo, a corrida principal começa às 5h.

A chuva que impossibilitou a normalidade da classificação da F2 (Foto: Reprodução/F2)

Confira como foi a classificação da Fórmula 2 em Spa:

A pista em Spa-Francorchamps está mais seco do que na primeira atividade da Fórmula 1, ainda sem expectativa de chuva. Assim, todos partiram em busca da volta mais rápida nos primeiros quinze minutos antes da tempestade.

Frederik Vesti, logo de início, saiu da pista. Na sequência, o estreante do dia, Joshua Mason, perdeu o controle do carro, estampou o muro e causou a primeira bandeira vermelha do treino. Pouco mais de dez minutos de interrupção até o reinício da atividade.

Oliver Bearman cravou 2min05s736 e assumia a liderança antes da chuva apertar na Bélgica. Vesti veio na sequência, 2min06s199. A terceira posição era de Victor Martins, com 2min07s439. Enzo Fittipaldi era o oitavo mais rápido, com 2min09s818.

Mason estreou batendo o carro na classificação (Foto: Reprodução/F2)

Com 17 minutos para o fim da sessão, a tempestade veio de vez e, assim, os pilotos recolheram para os boxes. Vice-líder do campeonato, Théo Pourchaire era o quinto colocado, com 2min09s036.

Bearman ainda voltou a animar a Prema e fez o melhor primeiro setor da classificação na volta posterior, mas o estado do miolo da pista já era melancólico com a chuva. Assim, perdeu mais de 3s. Não dava para melhorar. O que fora feito, feito estava.

Problema da FERRARI: falta de LIDERANÇA que vai além da troca de Mekies | GP às 10