Doohan se mete na briga e crava pole da F2 em Abu Dhabi. Fittipaldi é 10º e Pourchaire, 14º

Nem Théo Pourchaire, nem Frederik Vesti, muito menos Ayumu Iwasa. A pole-position para a corrida 2 da F2 em Abu Dhabi é de Jack Doohan. Enzo Fittipaldi parte em primeiro no grid da sprint

Nem Théo Pourchaire, nem Frederik Vesti, muito menos Ayumu Iwasa. Na classificação desta sexta-feira (24), em Abu Dhabi, a pole-position para a corrida 2 da Fórmula 2 ficou nas mãos de Jack Doohan. O australiano surgiu forte no fim e roubou a cena, enquanto entre os postulantes ao título, apenas Iwasa conseguiu flertar com a liderança. Enzo Fittipaldi terminou em décimo e parte em primeiro no grid da sprint.

No trecho final da classificação, Doohan estabeleceu 1min35s703 como tempo a ser batido. O primeiro a tentar foi Iwasa, buscando manter vivas as chances remotas de título. Depois, um rápido Zane Maloney também perseguiu a liderança, mas foi em vão. O único que conseguiu bater a marca foi o próprio australiano da Virtuosi, que melhorou o giro e conquistou a pole-position com 1min35s567.

Relacionadas

Victor Martins ficou em segundo, seguido por Kush Maini e Maloney. Iwasa terminou em quinto, encerrando na classificação a possibilidade de ser campeão — teria de fazer os 39 pontos da rodada, sendo que a pole vale dois. Dennis Hauger, Richard Verschoor, Isack Hadjar, Vesti e Fittipaldi fecharam o top-10.

O líder Pourchaire terá uma tarefa árdua pela frente, pois ficou apenas em 14º, posição que vale tanto no grid da sprint quanto na corrida de domingo. Já Vesti larga em segundo na prova curta graças ao grid invertido. Fittipaldi será o pole-position.

A Fórmula 2 retorna neste sábado (25), às 9h20, para a largada da corrida sprint. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades.

Duo da Prema em ação durante a classificação da F2 em Abu Dhabi (Foto: reprodução/F1 TV)

Confira como foi a classificação da F2 em Abu Dhabi:

Após quase longos três meses, os pilotos enfim partiram para o primeiro embate da final: a disputa pelos dois pontos da pole-position — resultado, aliás, que já deixaria Pourchaire em posição ainda melhor na briga pelo título, uma vez que o francês chegou em Abu Dhabi com 25 de frente para Vesti. Se ampliasse a vantagem para 27, jogaria toda a pressão em cima do piloto da Prema para a sprint.

Nos termômetros, 28,1°C de temperatura ambiente, com o asfalto em 40,5°C e umidade relativa do ar em 57%. Calor, portanto, e a já costumeira preocupação com o desgaste de pneus.

Na primeira rodada de tempos, o estreante Paul Aron colocou a Trident no topo, ainda na casa de 1min39s, porém os tempos de volta começaram a baixar gradativamente. Primeiro, o estoniano oriundo da F3 foi superado pelo companheiro de equipe, Roman Stanek. Mais uma rodada, e Iwasa colocou-se à frente com a DAMS, porém viu o tempo de volta ser imediatamente superado por Martins, que estabeleceu 1min36s692 como marca a ser batida.

Enquanto isso, Vesti era apenas o oitavo, com Pourchaire num distante 14º lugar, a 1s2 do companheiro de ART no topo da tabela. Na segunda tentativa, Vesti, conseguiu o melhor primeiro setor, mas perdeu tempo no seguinte, fechando o giro em 1min36s984, resultado que o fez subir para quarto.

Martins, então, bateu o próprio tempo em 0s3, cravando 1min36s351, enquanto Doohan surgiu a apenas 0s051 da marca do francês, já ensaiando o bote do fim. Pourchaire, que instantes antes participara do TL1 da F1 com a Alfa Romeo, ainda passava longe do top-10, mas a distância para a melhor volta já baixava de 1s.

De contrato renovado com a Red Bull para representar a marca em 2024, Fittipaldi vinha em 11º, logo à frente do companheiro de equipe, Maloney. Também estreante na F2, Franco Colapinto ocupava a 20ª posição com a MP a 15 minutos para o final da classificação.

Após um instante nos boxes para troca de pneus, os pilotos retornaram à pista com pouco menos de oito minutos no cronômetro na regressiva. Iwasa puxou a fila já baixando em 0s2 o tempo de Martins no primeiro setor. Pourchaire veio no embalo, com um tempo de volta bem próximo ao do japonês. Mais um trecho e Iwasa manteve-se abaixo, porém agora apenas 0s1, enquanto o líder do campeonato era 0s034 mais lento no segundo trecho. O piloto da DAMS, então, conseguiu segurar o ritmo e pulou para a liderança com 1min36s085.

Martins até tentou recuperar o posto, mas por 0s008 ficou com a momentânea segunda posição, logo à frente um veloz Maloney. Mas eis que Doohan resolveu colocar um tempero a mais na briga do título e voou na pista: 1min35s703, nada menos que 0s382 sobre Iwasa. De quebra, Maini ainda tirou 'casca', pulando para segundo.

Iwasa, então, resolveu manter suas remotas chances de título vivas fazendo novamente o melhor primeiro setor, só que foi 0s2 acima de Doohan no segundo trecho. No final, nada de melhorar a volta, mantendo-se em quarto.

Só que conseguiu foi o próprio Doohan, numa performance impressionante de despedida — o filho de Mick Doohan já confirmou que não estará no grid da F2 em 2024. Quanto à disputa do título, pimenta mais que merecida para a alegria dos torcedores, uma vez que Vesti terá uma bela oportunidade de descontar pontos de Pourchaire, enquanto o líder terá de fazer duas corridas de recuperação.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

F2 2023, etapa de Abu Dhabi, Yas Marina, grid de largada:

1J DOOHANVirtuosi1:35.567 
2V MARTINSART1:35.791+0.224
3K MAINICampos1:35.976+0.409
4Z MALONEYCarlin1:36.065+0.498
5A IWASADAMS1:36.085+0.518
6D HAUGERMP1:36.168+0.601
7R VERSCHOORVan Amersfoort1:36.227+0.660
8I HADJARHitech1:36.230+0.663
9F VESTIPrema1:36.274+0.707
10E FITTIPALDICarlin1:36.282+0.715
11J.M. CORREAVan Amersfoort1:36.324+0.757
12R NISSANYPHM1:36.373+0.806
13A LECLERCDAMS1:36.377+0.810
14T POURCHAIREART1:36.437+0.870
15R STANEKTrident1:36.449+0.882
16R BOSCHUNGCampos1:36.503+0.936
17O BEARMANPrema1:36.620+1.053
18A CORDEELVirtuosi1:36.648+1.081
19J CRAWFORDHitech1:36.718+1.151
20F COLAPINTOMP1:37.231+1.664
21P ARONTrident1:37.391+1.824
22J MASONPHM1:38.159+2.592