Vettel minimiza o bom arranque da Ferrari em Barcelona

Sebastian Vettel afirma que os três primeiros dias do teste de pré-temporada provam que a Ferrari ainda precisa de encontrar um "pedaço significativo" de desempenho em comparação com os seus rivais, apesar dos tempos por volta registados em cada sessão.

A Scuderia liderou a tabela de tempos no segundo dia com Kimi Raikkonen, enquanto Vettel esteve perto do Mercedes no dia de abertura e no terceiro dia em Barcelona, apesar de recorrer sempre a compostos mais duros do que os 'flechas de prata'.

Relacionadas

Mas apesar de a equipa ter dado nas vistas, Vettel diz que a Ferrari não se vai deixar levar pelas exibições desta primeira semana de testes.

"Pelo que parece, o carro está a funcionar - não há grandes problemas ao nível da fiabilidade", disse Vettel aos jornalistas.

"Quanto ao desempenho é muito cedo para dizer, mas pelo que parece, ainda precisamos de encontrar um pedaço significativo. Há muito trabalho pela frente.

"Não é ser cauteloso, é ser realista. Sabemos que não estamos onde queremos estar e temos um monte de coisas para fazer a partir de agora.

"Tivemos uns bons três primeiros dias, mas ainda é preciso melhorar".

Vettel diz estar confiante de que as equipas vão fazer grandes ganhos não só nos testes, como durante toda a temporada, acrescentando: "Estamos no início - ainda há muito trabalho pela frente para nós. Precisamos de mais downforce e estamos a trabalhar muito nisso. Acho que vamos ver grandes melhorias ao longo do ano".

Vettel e a Ferrari também se mostraram fortes no início de 2016, liderando três dos quatro dias de testes - mas durante o ano não foram capazes de chegar ao lugar mais alto do pódio.