Red Bull vê Lawson “bom o suficiente”, mas vaga "depende das próximas corridas”

Liam Lawson atendeu às expectativas da Red Bull e tem entregado um bom trabalho na AlphaTauri. A permanência para a temporada 2024, no entanto, vai depender do desempenho das próximas corridas

Liam Lawson surpreendeu positivamente a Red Bull durante os GPs da Holanda e Itália, enquanto substitui Daniel Ricciardo na AlphaTauri. Para Helmut Marko, consultor dos taurinos, o neolandês — que também faz um bom trabalho na Super Fórmula no Japão — tem entregado resultados bons o suficientes para os padrões da Fórmula 1. A vaga em definitivo para 2024, no entanto, vai depender de como desempenhar nas próximas etapas.

Lawson foi o escolhido para assumir a AT04 enquanto Ricciardo se recupera de uma fratura em dois ossos da mão esquerda. O australiano se lesionou depois de um acidente durante o segundo treino livre para o GP da Holanda.

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

O estranho acidente de Piastri e Ricciardo (Vídeo: DAZN ES)

Desde que chegou à AlphaTauri, Liam superou o companheiro Yuki Tsunoda nas corridas em Zandvoort e no GP da Itália, quando foi 13º e 11º colocado, respectivamente. A performance foi suficiente para arrancar elogios de Marko.

“Lawson está conosco há algum tempo, e ele é um verdadeiro neozelandês, assim como Denny Hulme e Bruce McLaren. Ele assume uma postura dura, mas inteligente nas batalhas”, disse Helmut.

“Ele está agora em segundo lugar na Super Fórmula no Japão – uma classe muito difícil. Esses carros são mais rápidos que na Fórmula 2, mas por ser no Japão, não há muita atenção nisso aqui. Talvez ele ainda possa vencer lá”, lembrou o consultor.

Contudo, a permanência para a temporada 2024 da Fórmula 1 ainda é uma incógnita. De acordo com o austríaco, isso vai depender do desempenho de Lawson nas próximas corridas.

“Se ele estará no carro [em tempo integral] ou será piloto reserva? Como já vimos, as coisas podem avançar rapidamente e só temos quatro lugares. Ele mostrou que é bom o suficiente para a Fórmula 1 e agora precisa confirmar isso nas próximas corridas”, finalizou.

Fórmula 1 retorna em duas semanas, nos dias 15, 16 e 17 de setembro, com o GP de Singapura, 15ª etapa da temporada 2023.