Red Bull põe Ferrari como ameaça em Mônaco e avisa: "Nossa vantagem de velocidade é nula"

Consultor dos taurinos, Helmut Marko vê que a velocidade máxima da Red Bull não é determinante para Mônaco e vê Ferrari como candidata à vitória

Em apenas cinco etapas da Fórmula 1 2023, a Red Bull parece ter já amedrontado as demais equipes do grid pela sua força com o RB19. No entanto, Helmut Marko, consultor da equipe, avisou que será diferente no GP de Mônaco. Por quê? O ponto mais forte dos taurinos é nas retas, que não é o fator decisivo em Monte Carlo.

“Não podemos jogar com nossas forças de corrida em Mônaco”, disse ele em entrevista ao jornal alemão Motorsport-Magazin.com. "Quem vai na frente dita o ritmo. O desgaste dos pneus não será decisivo. Não há retas onde nossa vantagem de velocidade entra em jogo", continuou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Red Bull não crê em vantagem em Mônaco (Foto: Red Bull Content Pool)

"O que vimos até agora é que a Ferrari às vezes é mais rápida que a Red Bull nas curvas lentas. Será emocionante. Vamos ver", seguiu.

Marko também lembrou do poder de Charles Leclerc em classificação. Além disso, há um outro piloto que pode virar ameaça: Fernando Alonso.

"A maior vantagem [de Charles] é o rápido aquecimento dos pneus e penso que pode ser decisivo na volta de classificação," comentou.

"Alonso é sempre bom. A desvantagem de não ter velocidade máxima não importa em Monte Carlo. E se eles tiverem um bom fim de semana em que estão imediatamente na frente na classificação, são certamente candidatos", continuou.

Fórmula 1 continua a temporada 2023 nesta semana, com o GP de Mônaco, em Monte Carlo, entre os dias 26 a 28 de maio.