Red Bull lembra que 'pegou gosto' com 1ª vitória, mas diz: "Não imaginava vencer 100"

Christian Horner falou da sensação da primeira vitória com a Red Bull na F1, lá em 2009, e como o time pegou gosto pela coisa. Parecia dever cumprido, virou combustível para chegar a marcas históricas

Quando a Red Bull venceu o GP da China de 2009, com o promissor Sebastian Vettel, não imaginava que chegaria a 100 em pouco menos de uma década e meia. Segundo Christian Horner, chefe do time já na época, o negócio era ainda maior: sentiam que o dever estava cumprido com aquele triunfo único. Tanta coisa mudou desde então.

Horner revelou que, durante o voo de volta após a vitória em Xangai, só pensava que tinha atingido o que a equipe havia sonhado lá atrás. O britânico ainda aproveitou para exaltar Dietrich Mateschitz, fundador da marca e idealizador do projeto, que morreu em 2022.

Relacionadas

"Quando entramos na categoria, a meta era sermos competitivos e competirmos. A visão de Dietrich Mateschitz nos fez vir para a F1 e sermos competitivos. Vencemos nossa primeira corrida em 2009, com quatro anos de F1. Lembro de estar com o troféu no avião e pensar: 'Pelo menos vencemos uma. Mesmo que nada mais aconteça, vencemos uma corrida", disse após a 100ª vitória, no Canadá.

Christian Horner exaltou o trabalho em equipe da Red Bull da F1 (Foto: Adam Pretty/Getty Images)

Sabe aquela história de ser 'picado pelo mosquitinho do sucesso'? Aconteceu com a Red Bull, segundo Horner. E como, né? Vieram seis títulos de pilotos desde então e o sétimo encaminhado com Max Verstappen.

"Mas aquilo foi tão bom que ficamos: 'Foi tão bom, queremos de novo'. E quem diria que seriam 100? É um marco para a equipe. É prova da dedicação e do trabalho duro de todas as pessoas do time, na pista e nos bastidores, em todos os setores. Temos muitos heróis invisíveis que contribuíram para esse feito incrível. O time inteiro tem de ficar extremamente orgulhoso", completou.

A Red Bull é a quinta equipe com mais triunfos na história da categoria, apenas atrás das lendárias Ferrari, Mercedes, McLaren e Williams.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da Fórmula 1 2023 AO VIVO e EM TEMPO REAL. A próxima etapa está marcada para acontecer entre 30 de junho e 2 de julho, com o GP da Áustria. No sábado e no domingo, há também a segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!