Red Bull cutuca Hamilton e aprova troca de equipe: "Ferrari pode ajudar a ser campeão"

Consultor da Red Bull, Helmut Marko aproveitou para provocar Lewis Hamilton e vê maior chance de conquistar outro título na Ferrari

Os últimos dias da Fórmula 1 foram tomados pelo possível interessa na Ferrari em contratar Lewis Hamilton. Hoje, o consultor da Red Bull, Helmut Marko, foi questionado e acredita que o heptacampeão possa encontrar nos italianos a chance de conquistar outro título — ainda que provoque e diga ser bem difícil de acontecer.

“Se a Ferrari será melhor para ele que a Mercedes em termos esportivos no futuro, não está claro", disse ele em entrevista ao F1 Insider. "Além da perspectiva esportiva, Lewis está longe de estar feliz por não ser mais o piloto mais bem pago da Fórmula 1", opinou.

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Ferrari faz proposta milionária para ter Hamilton já em 2024, diz Daily Mail (Foto: Thiago Rocha/Grande Prêmio)
Ferrari faz proposta milionária para ter Hamilton já em 2024, diz Daily Mail (Foto: Thiago Rocha/Grande Prêmio)

"Esse título agora pertence a Max Verstappen. Pelo menos com a ajuda da Ferrari, ele pode mudar isso", seguiu Marko.

De acordo com o tabloide Daily Mail, as negociações estão avançando e passam pelo alto escalão da escuderia de Maranello, em especial o presidente John Elkann. O contrato seria de de £ 40 milhões (aproximadamente R$ 248,2 milhões). Hoje,  a Sky Sports — emissora que detém os direitos de transmissão da categoria no Reino Unido — confirmou, por meio do repórter Craig Slater, que a Ferrari tem interesse e estuda como atrair o britânico.

O dirigente austríaco aproveitou o noticiário quente para, como de costume, cutucar Hamilton e a equipe de Brackley, explicando o porquê, em sua opinião, o piloto do carro #44 estaria insatisfeito.

“Há duas coisas que realmente incomodam Hamilton. Primeiro, ele não é mais um campeão mundial e terá dificuldade em se tornar um novamente no futuro. E ele sabe que não há lugar para ele na Red Bull", encerrou.

Hamilton deve ser questionado sobre o assunto no próximo fim de semana, quando a F1 retoma o calendário da temporada 2023 com o GP de Mônaco. As atividades começam nesta sexta-feira (26) com duas sessões de treino livre, que terão cobertura completa do GRANDE PRÊMIO.