Gasly relata misto de emoções em "favorita" Spa: "Vivi as piores da minha vida aqui"

Pierre Gasly falou sobre a homenagem que organiza para Anthoine Hubert, de quem era muito próximo, e admitiu que desde 2019, após a morte do amigo, as emoções em Spa-Francorchamps são muito contraditórias

Desde 2019, o GP da Bélgica nunca mais foi o mesmo para Pierre Gasly. Foi na cultuada pista de Spa-Francorchamps que o piloto perdeu um de seus amigos mais próximos, Anthoine Hubert, numa corrida de Fórmula 2, e ele confessou que o circuito sempre traz emoções muito contraditórias, uma vez que é um dos seus favoritos do calendário da Fórmula 1.

Gasly falou na coletiva de imprensa desta quinta-feira (27) sobre o evento em homenagem a Hubert que vai reunir os pilotos da F1, F2 e F3. Intitulado "Run for Anthoine" (Corrida por Anthoine, em tradução livre), a homenagem foi organizada no início do ano.

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Gasly em 2020: ele e Hubert eram amigos bem próximos. (Foto: Reprodução/Twitter)

"Sou uma pessoa emotiva", começou Pierre. "Acho que relaciono lugares com emoções e tive as piores da minha vida aqui. Mas, ao mesmo tempo, é uma das minhas pistas favoritas, por isso é muito contraditório", admitiu.

"Adoro essa pista e adoro correr nela, mas, ao mesmo tempo, nunca esquecerei o que senti ao descer as escadas [no paddock] quando meus pais me contaram a notícia [da morte de Hubert]. É certamente difícil, mas aceito o esporte que praticamos, e são coisas com as quais você tem de conviver. É a vida também, por mais triste que possa ser", completou o #10 da Alpine.

Sobre o evento em si, Gasly destacou que apesar de parecer "algo pequeno para as pessoas", possui grande importância para ele. "É muito maior para mim e muito mais significativo", ressaltou, explicando que tudo foi organizado muito antes de outra tragédia abalar o esporte a motor no início de julho: a morte do jovem Dilano van 't Hoff, na etapa de Spa da FRECA.

"Foi uma conversa que começou no início da temporada. Todo mundo sabe o quão próximo eu era de Anthoine, e acho que todos também sabem o quão próximo ele era da equipe. Organizamos bem antes do trágico incidente que aconteceu algumas semanas atrás, mas acho ótimo que nós, como comunidade, quando essas coisas acontecem, todos que fazem parte da Fórmula 1, F2 ou F3 se unem", finalizou.

Fórmula 1 volta neste final de semana, entre os dias 28 e 30 de julho, para a disputa do GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da temporada 2023 AO VIVO e em TEMPO REAL. Sábado e domingo, ainda tem a transmissão em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, no canal 1 do GP no YouTube.