Hülkenberg fala sobre punição na largada do GP do Catar: “Estraguei tudo”

Depois de alinhar o carro no lugar errado durante o procedimento de largada em Lusail, Nico Hülkenberg lamentou a oportunidade de voltar a figurar no top-10 na F1

Nico Hülkenberg, que despontava como um candidato ao top-10 no GP do Catar, acabou com suas chances de pontuar antes mesmo da largada. Isso porque o titular da Haas cometeu uma infração ao alinhar o carro no colchete logo após a volta de apresentação. Assim, o alemão sofreu uma punição de 10s, o que atrapalhou a corrida antes mesmo de ela começar.

A Ferrari encontrou um problema de vazamento de combustível na SF-23 de Carlos Sainz e, por isso, o espanhol que largaria de 12º sequer chegou a tirar o carro da garagem no domingo. Hülkenberg, que teria de sair 14º, se confundiu ao ver o lugar do #55 vago no grid e parou a Haas no lugar errado. 

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Nico Hülkenberg saiu zerado da etapa em Lusail (Foto: AFP)

Os comissários, ao perceberem a falha do #27, o puniram logo nas primeiras voltas. Nico reconheceu o erro e lamentou o ocorrido.

“Eu estraguei tudo. Não precisamos discutir sobre isso. É uma situação estranha quando de repente não há nenhum carro à sua frente. Você está acostumado a utilizá-lo como referência. A corrida foi arruinada, simplesmente”, afirmou o alemão.

“Eu percebi antes de parar, mas você não pode reverter e o estrago estava feito, então isso foi obviamente um grande erro meu. Isso interrompeu nossa corrida antes mesmo de começar”, finalizou Hülkenberg.

Fórmula 1 volta daqui a duas semanas, entre os dias 20 e 22 de outubro, em Austin, com o GP dos Estados Unidos, o primeiro da última perna tripla da temporada. E o GRANDE PRÊMIO acompanha tudo.

https://youtube.com/watch?v=2NAi4Q_1pI0%3Fsi%3DH2pL8B3ScahRDEoQ