Hülkenberg alerta Haas com nova classificação na Hungria: "Será bem difícil passar do Q1"

Nico Hülkenberg apontou dificuldades da Haas em stints longos e crê que será um desafio passar do Q1 na Hungria utilizando apenas pneus duros

O alemão Nico Hülkenberg foi uma das grandes surpresas da sexta-feira (21) de treinos livres do GP da Hungria. Com a Haas, o dono do carro #27 deu 29 voltas durante a tarde e, com a marca de 1min18s058, ficou na sexta posição, apenas 0s372 mais lento que o líder Charles Leclerc, da Ferrari.

Após as sessões da sexta-feira, Hülkenberg apontou que a Haas segue impressionando no ritmo de volta lançada, mas ainda tem dificuldades nos stints longos, o que é praticamente uma marca registrada do time em 2023. O alemão também espera dificuldades na classificação, já que todos os pilotos serão obrigados a participar do Q1 com pneus duros.

Relacionadas

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente: Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Nico Hülkenberg (Foto: Haas F1 Team)

"Foi uma sexta! Sabemos que o ritmo de volta rápida é nosso ponto forte, e o stint longo pareceu difícil de novo, não me senti tão bem dentro do carro, então vamos olhar e ver o que podemos fazer. Falando sobre o clima, entre amanhã e domingo parece estar quente, e amanhã temos a nova sequência de classificação com os pneus que vamos usar. Usando o pneu duro no Q1, acho que será bem difícil para nós, mas veremos o que podemos fazer. Vamos nos esforçar e ver se conseguimos progredir", declarou Hülkenberg.

Após 10 corridas na temporada 2023, Hülkenberg foi aos pontos em apenas uma oportunidade, quando foi o sétimo colocado do GP da Austrália. Ele ainda levou tentos adicionais pelo sexto lugar na sprint da Áustria, semanas atrás. Apesar da baixa pontuação, ele já largou entre os 10 primeiros em 6 oportunidades diferentes.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP da Hungria de Fórmula 1. No sábado, o TL3 está marcado para as 7h30 (de Brasília, GMT-3), seguido pela classificação, marcada para as 11h. A largada fica para as 10h do domingo.