Mercedes rasga elogios para Vesti e avisa: "Merece lugar na Fórmula 1"

Frederik Vesti está na briga pelo título da Fórmula 2 e vai participar de um treino livre com a Mercedes no GP da Cidade do México. Toto Wolff já avisou que dinamarquês merece estar na Fórmula 1

Frederik Vesti é membro da academia da Mercedes desde 2021, e com campanha forte na temporada 2023 da Fórmula 2, recebeu elogios do chefe da esquadra, o austríaco Toto Wolff. Mesmo com o time renovando os contratos de Lewis Hamilton e George Russell até 2025, o mandatário afirmou que Vesti merece estar na Fórmula 1.

Em outubro, o piloto dinamarquês já vai participar de uma sessão oficial da Fórmula 1 pela primeira vez, nos treinos livres do GP da Cidade do México. Wolff exaltou o trabalho do piloto, que batalha contra Théo Pourchaire pelo título da F2, em desvantagem de 25 pontos antes da decisão, que acontece em novembro, em Abu Dhabi.

Relacionadas

"Ele é outro piloto muito bom, assim como Mick [Schumacher], que faz tudo o que precisa ser feito. Espero que ele vença a Fórmula 2. Estamos em um caminho muito bom, e, no momento, temos de ver as portas que vão se abrir na Fórmula 1 e as que não vão abrir", comentou Wolff em entrevista ao site alemão MotorsportTotal.com.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Frederik Vesti já venceu 5 vezes e está 24 pontos atrás de Pourchaire (Foto: Prema)

Com 21 anos de idade, nem um título da Fórmula 2 garante a presença de Vesti na Fórmula 1. Os últimos dois campeões da categoria de suporte, Oscar Piastri e Felipe Drugovich, não subiram automaticamente após o título. Piastri eventualmente conseguiu um posto na McLaren, enquanto Drugovich ainda aguarda uma chance.

"Mas Frederik merece sentar em um carro da Fórmula 1. Se você vence a Fórmula 2, podemos dizer isso. Veremos o que isso levará a ele, mas ele fez um trabalho muito bom no nosso carro", completou.

Fórmula 1 dá sequência à temporada 2023 já na semana que vem, entre os dias 22 e 24 de setembro, com o GP do Japão, em Suzuka.