Mercedes largou Hamilton no pódio de Singapura? Não: "Prioridade da TV era Ferrari"

A Mercedes negou que tenha deixado Lewis Hamilton comemorando sozinho o terceiro lugar em Singapura e explicou que parte do time estava cuidando do carro acidentado de George Russell, mas que o restante estava, sim, na festa. As câmeras de TV que não flagraram

A Mercedes fez questão de desmentir a história de que Lewis Hamilton ficou celebrando sozinho o pódio do GP de Singapura. Após o fim da corrida do último domingo (17), imagens viralizaram com o terceiro colocado comemorando com membros da Ferrari e da McLaren, mas a Mercedes garante que foi apenas por escolha da direção de imagens da TV na F1.

Além disso, da escolha da TV por focar na história do dia, a vitória de Carlos Sainz e o fim da invencibilidade da Red Bull na F1 2023, a Mercedes ainda lembrou que parte da equipe não teve como deixar os boxes, esperando os fiscais levarem o carro arrebentado de George Russell, que foi ao muro nas últimas curvas.

Relacionadas

"É claro que a equipe estava no pódio para celebrar com Lewis. Nós adoramos celebrar com nossos pilotos, adoramos aplaudir eles. Só que uma boa parte do time estava nos boxes, esperando os fiscais levarem o carro do Russell", disse James Allison, diretor-técnico da Mercedes.

O GP de Singapura foi bem movimentado para a Mercedes, inclusive depois da bandeirada (Foto: AFP)

Segundo Allison, a escolha da direção de imagens faz todo sentido, afinal, Sainz e a Ferrari eram mesmo os centros das atenções. Mas isso não quer dizer que a Mercedes não estava lá.

"Mas o resto da equipe estava toda lá, esperando o Hamilton junto com todo mundo. Mas as câmeras não mostraram todos, até porque a grande história era a primeira vitória de uma equipe que não fosse a Red Bull. Então, mostrar a festa da Ferrari era uma prioridade muito maior para a TV, assim como a festa da McLaren. Nosso time estava lá também, boa parte dele", completou.

Apesar da vice-liderança do Mundial de Construtores, a Mercedes tem apenas seis pódios na F1 2023, é menos até que a Aston Martin, quarta colocada, que levou sete troféus para casa pelas mãos de Fernando Alonso.

Fórmula 1 dá sequência à temporada 2023 já nesta semana, entre os dias 22 e 24 de setembro, com o GP do Japão, em Suzuka.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!