Verstappen diz que "Q3 foi loteria" com chuva, mas celebra primeira fila na corrida sprint

Max Verstappen admitiu um erro em sua última volta no Q3, mas reconheceu que, com as condições climáticas instáveis, tudo podia acontecer nesta sexta-feira em Interlagos

Max Verstappen não vai largar da primeira posição na corrida sprint em Interlagos. Incrivelmente, George Russell proporcionou um cenário diferente e nunca antes visto na Fórmula 1: Haas na pole-position, Kevin Magnussen na pole-position. O atual bicampeão da F1 vai largar logo atrás, acompanhando o dinamarquês.

0s203 atrás de Magnussen, o #1 admitiu um erro em sua última volta com os pneus intermediários, mas também apontou que a chuva complicou tudo.

Relacionadas

"Sabíamos que seria aquela única e última volta, porque havia esse potencial de chuva e travei os pneus na curva 8. Isso custou uma pole hoje, mas pensando na melhor posição para largar amanhã, parece bom", disse ele.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Max Verstappen ficou em segundo na classificação (Foto: Red Bull Content Pool)

"Nestas condições, qualquer coisa pode acontecer. Foi difícil, mas você também precisa encontrar o limite que você pode ir e você não quer cometer grandes erros e potencialmente desistir", acrescentou.

Max também reconheceu que o Q3 foi 'maluco', mas viu com bons olhos a posição em que terminou a classificação. Nas outras duas provas curtas, Verstappen foi o vencedor.

"Passamos bem do Q1 e Q2, então o Q3 foi mais uma loteria, mas mesmo assim ainda estamos na primeira fila. Vamos ver o quão competitivo seremos amanhã na corrida, mas também tem o clima, não temos ideia do que vai acontecer, mas é isso que torna Interlagos especial", encerrou.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL e cobre o GP de São Paulo de Fórmula 1 ‘in loco’ com Ana Paula Cerveira, André Netto, Evelyn Guimarães, Felipe Leite, Gabriel Curty, Luana Marino, Rodrigo Berton, Pedro Henrique Marum e Victor Martins.