Hamilton exalta força da Mercedes e celebra pole na Hungria: "Parece a primeira vez"

Uma montanha-russa de emoções atingiu em cheio o heptacampeão mundial após a nona pole conquistada neste sábado na Hungria. Hamilton fez questão de elogiar cada membro da Mercedes, importantes para o feito na classificação

Foram exatos 594 dias de jejum desde o fatídico GP de Abu Dhabi em 2021, mas enfim, Lewis Hamilton sorriu novamente com a pole-position conquistada neste sábado (22) em Hungaroring. E o sabor não poderia ser melhor: apenas 0s003 de vantagem para o bicampeão da Fórmula 1, Max Verstappen.

O piloto da Mercedes, logo após a classificação, fez um balanço deste período de quase vinte meses sem largar na frente na categoria. "Foi um período muito louco este ano e meio, até perdi a voz de tanto gritar no carro. Não esperava brigar pela pole, assim, fui para a última tentativa disposto a deixar tudo, nos esforçamos tanto para conseguir que parece que foi nossa primeira vez", falou, eufórico.

Relacionadas

São nada menos que 104 vezes largando na posição de honra no grid em 17 temporadas. Por isso, após o feito deste sábado, tratou de elogiar a todos os envolvidos na equipe. "Tem sido extremamente desafiador para cada um de nós. Houve altos e baixos, uma grande montanha-russa, mas ninguém perdeu a fé. Espero que isso mostre que estamos no caminho certo se continuarmos pressionando".

Lewis Hamilton voou na Hungria e cravou a pole-position (Foto: Mercedes)

Lewis atingiu outra marca histórica na F1: é o primeiro piloto a conquistar nove poles em um mesmo circuito - 2007, 2008, 2012, 2013, 2015, 2018, 2020, 2021 e 2023. Agora, o próximo passo para a prova deste domingo é mostrar que o resultado não foi à toa e que, enfim, tem condições reais de voltar a vencer.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

"Tem sido difícil, mas vamos estudar o máximo que pudermos. Vai ser difícil lutar contra esses dois caras, afinal, Lando [Norris] feito um trabalho lindo com a McLaren e Max [Verstappen], evidentemente, está sempre lá em cima. Mas agora, quero ver se consigo dormir esta noite", analisou Hamilton.

Fórmula 1 retorna neste domingo para a disputa do GP da Hungria, com largada prevista para as 10h (de Brasília, GMT-3). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da temporada 2023 AO VIVO e em TEMPO REAL. Antes, a partir das 9h40, o GP abre a transmissão em segunda tela no canal 1 do YouTube, em parceria com a Voz do Esporte.