Hamilton vê atualização da Mercedes como "primeira melhora nos últimos dois anos"

Lewis Hamilton, que largará em terceiro tanto na corrida sprint quanto na prova principal, elogiou o trabalho do time da Mercedes apos o grande pacote de atualizações

Ainda correndo atrás de garantir o vice-campeonato no Mundial de Construtores, a Mercedes continua trazendo atualizações para o W14, como o novo assoalho que apresentou no GP dos EUA que tem sua corrida sprint neste sábado (21). Lewis Hamilton, que conquistou o terceiro lugar no grid de largada para a corrida de domingo, destacou a diferença que esta melhoria trouxe. O heptacampeão, inclusive, classficou o passo técnico da esquadra alemã como "a primeira melhorar dos últimos dois anos".

A Mercedes introduziu uma revisão no assoalho do carro na busca de se manter em um ritmo próximo ao de McLaren e Ferrari, que contaram com evoluções em seus carros nas últimas provas. O time de Brackley também torce que o plano de desenvolvimento para o próximo ano esteja no caminho certo.

Relacionadas

“À medida que continuamos a testar coisas novas, adquirimos cada vez mais conhecimento sobre a direção que estamos tomando, sobre o fluxo do carro. O assoalho não é tão significativamente diferente. Sempre há um alarde em torno das atualizações, mas o restante do carro está exatamente igual e existem muitas áreas nas quais podemos melhorar”, afirmou Lewis após a decisão do grid.

Mas Hamilton, mesmo com a boa terceira posição para a largada da prova deste domingo, demonstrou cautela ao falar sobre o impacto dessa atualização no desempenho da equipe no futuro.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Hamilton celebrou melhorias da Mercedes (Foto: AFP)

"Não sei se isso é um indicativo de alguma coisa para o próximo ano. Mas é um avanço. Esta é uma das primeiras atualizações que realmente senti melhora nos últimos dois anos. Então, isso é positivo. Precisamos apenas de dois ou três desses avanços para nos colocar em um modo super competitivo, o que acredito que os caras do time podem fazer”, explicou.

Hamilton ficou a apenas um 0s1 da pole-position, que foi conquistada por Charles Leclerc. Max Verstappen chegou a liderar a classificação até que seu tempo mais rápido foi excluído devido a uma infração de limites de pista. Com esse potencial para o final de semana, o inglês fez questão de agradecer à equipe.

"Estou realmente grato pelas melhorias que a equipe fez no carro. Todos trabalharam tão duro para trazer algumas atualizações, e estarmos próximos da McLaren, da Ferrari e até mesmo da Red Bull é um reflexo do quanto todos se esforçaram. Acredito que isso demonstra o árduo trabalho de todos", finalizou.

Fórmula 1 está em Austin neste final de semana, onde acontece o GP dos Estados Unidos, 18ª etapa da temporada 2023. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL. No sábado, a corrida sprint acontece às 19h (de Brasília, GMT-3). Já no domingo, a corrida oficial larga às 16h. O GRANDE PRÊMIO ainda exibe classificação, corrida curta e a corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporteatravés da GPTV — o início das transmissões se dá 15 minutos antes das atividades.