Magnussen celebra ida à pista "no momento exato" e promete "diversão" em Interlagos

Kevin Magnussen viu a sorte lhe sorrir ao ter conseguido fazer a sua volta no Q3 com slicks antes da chuva cair sob Interlagos nesta sexta-feira (11)

Não tem jeito: se tem uma pista que pode proporcionar as mais imprevisíveis histórias na Fórmula 1, é Interlagos, e não foi diferente na classificação desta sexta-feira (11), que definiu o grid de largada para a sprint race. A chuva, que é sempre um elemento tão presente nas corridas realizadas no Brasil, deu o ar da graça antes do Q1, mas o plot-twist ficou para os oito minutos finais, já no Q3, e Kevin Magnussen conquistou a primeira pole-position da carreira.

O feito de Magnussen, aliás, é uma sequência de primeiras vezes: além da estreia no ranking dos pole-positions, esta também é a primeira vez que um piloto da Dinamarca larga na posição de honra do grid. E é também a primeira pole da Haas, que celebrou como se fosse a conquista de um título.

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Kevin Magnussen viu a sorte lhe sorrir em Interlagos (Foto: Haas F1 Team)

Antes, um breve contexto: tudo começou quando George Russell, ainda com pneus slicks, rodou no Q3 e causou bandeira vermelha. Poucos pilotos haviam conseguido marcar tempo, e Magnussen era um dos felizardos por ter sido um dos primeiros a ir para a pista. Só que a chuva voltou a cair enquanto o carro #63 era retirado da brita, obrigando os demais a colocar pneus intermediários. Com isso, ninguém conseguiu bater o tempo do carro #20.

"Não sei o que dizer", começou Magnussen assim que foi para a área de entrevistas. "A equipe me colocou na pista no exato momento. Fomos os primeiros a sair do pit-lane, fizemos uma volta muito decente e estamos na pole", acrescentou, estendendo agradecimentos a Gene Haas, dono da equipe, Guenther Steiner e todo o restante do time.

"Tem sido uma jornada incrível, é incrível, obrigado", continuou, dizendo, por fim, que a estratégia para amanhã é "ataque máximo". E emendou: "Vamos em busca de alguma diversão!"