Haas celebra 'top-10 em pit-stops' na Espanha após "regresso nos últimos anos"

O pit-stop de Kevin Magnussen foi realizado em 2s6 durante o GP da Espanha, o oitavo mais rápido da corrida. Na visão de Guenther Steiner, é reflexo da chegada de peças importantes à equipe

Mesmo tendo ficado longe da zona de pontuação no GP da Espanha, realizado há duas semanas, a Haas celebrou outro top-10 que, na visão de Guenther Steiner, mostrou um progresso importante da equipe: o pit-stop. A troca de pneus de Kevin Magnussen foi feita em 2s6, a oitava mais rápida de toda a corrida.

O dirigente italiano falou ao site oficial da Fórmula 1 que essa, especificamente, era uma área problemática, sobretudo nas duas últimas temporadas. Nas palavras de Steiner, houve um retrocesso geral, mas a adição de alguns membros já tem surtido efeito e pode trazer ganho na pista.

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Kevin Magnussen teve um pit-stop de 2s6 em Barcelona (Foto: Haas F1 Team)

"Gastamos muito tempo no último ano para tornar os nossos pit-stops melhores, ou bons novamente", começou o chefão. "Nos dois anos que lutamos, regredimos como um todo", avaliou.

Em seguida, Guenther atribuiu a melhora nos pit-stops à chegada da nova treinadora, Faith Atack-Martin, e também citou outros integrantes importantes. "Ela vem fazendo um trabalho fantástico. Ela é responsável por manter a equipe no lugar certo física e mentalmente."

"Nosso chefe mecânico, Toby Brown, mantém o grupo motivado da melhor forma possível, e nosso estrategista, Faissal Fdil, que olha as análises de pit-stops e os treinos de paradas, também está se esforçando muito, porque você pode perder muito tempo [nas trocas]", continuou.

"Normalmente, você não consegue ganhar tempo em pit-stop porque todos estão fazendo um trabalho muito bom, mas você pode perder muito tempo. Todos estão melhorando, tivemos um top-10 em Barcelona como o oitavo pit-stop mais rápido da corrida, mas se continuarmos trabalhando duro, acho que podemos melhorar ainda mais", completou Steiner.

Até o momento, a Haas soma oito pontos no campeonato, seis de Nico Hülkenberg e dois Magnussen. A equipe, porém, não conclui uma corrida na zona de pontuação desde Miami.

A Fórmula 1 volta às pistas neste final de semana, de 16 a 18 de junho, com o GP do Canadá. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da temporada 2023 AO VIVO e em TEMPO REAL.