Gasly deve falhar Austin, substituto poderá ser ex-piloto da academia da Red Bull

De acordo com a imprensa italiana, Brendon Hartley poderá substituir Pierre Gasly no Grande Prémio dos Estados Unidos, sendo que Sebastien Buemi e António Félix da Costa também estão a ser considerados pela Red Bull.

Gasly deverá mesmo falhar a deslocação a Austin para tentar conquistar o título da Super Formula, o que deixará a Toro Rosso numa situação complicada, já que não há nenhum piloto da sua academia que possua uma superlicença.

Relacionadas

Já foram muitos os nomes associados ao lugar que poderá estar disponível ao lado de Daniil Kvyat nos Estados Unidos, e agora a imprensa italiana adianta que a Red Bull está interessada em dar uma oportunidade a um piloto que já pertenceu à academia de jovens pilotos.

Brendon Hartley, piloto da Porsche no WEC, é um dos favoritos pelo facto de ainda fazer parte do programa da Red Bull e por não estar ligado a uma marca concorrente da Honda.

Outra forte possibilidade é o regresso de Sebastien Buemi à Fórmula 1. O suíço chegou a testar os pneus da Pirelli para 2017 com a Red Bull e participa atualmente na Fórmula E com a Renault e no WEC com a Toyota, não se sabendo se a ligação com o fabricante japonês poderá ter alguma influência nesta situação, tendo em conta o acordo já finalizado entre Toro Rosso e Honda.

António Félix da Costa integrou o programa da Red Bull até Dezembro de 2015 e poderia ter aqui a chance de fazer equipa com o piloto que condicionou a sua entrada na Fórmula 1 em 2014. No entanto, a falta de uma superlicença e o fim da parceria com a Red Bull devem impossibilitar o regresso de um português à Fórmula 1.

Jolyon Palmer, Oliver Rowland - atual segundo classificado da Fórmula 2 - e Alexander Rossi são outros dos nomes já mencionados para substituir Gasly, ainda que este último já tenha confirmado que não estará disponível nesse fim de semana.