FIA cria plataforma de pesquisa para conter abuso online contra atletas

Com a disseminação de ódio cada vez maior na internet, Federação Internacional de Automobilismo (FIA) decidiu criar uma plataforma para conter o abuso contra aqueles que fazem o esporte acontecer

Nesta sexta-feira (13) a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) começou um acompanhamento, junto da campanha Unidos Contra o Abuso Online (UAOA), que tem como objetivo abordar o impacto do abuso online contra atletas, dirigentes, voluntários e outras pessoas envolvidas no esporte.

A primeira fase, apresentada apenas como um medidor desses comentários negativos, foi desenvolvida para fornecer uma avaliação da extensão do abuso online contra os atletas, dirigentes e demais participantes do esporte. Essa equipe será liderada pelo Professor David Hassan, investigador líder em gestão e política esportiva.

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

F1-8-1024x576.jpeg" alt="Mohammed Ben Sulayem é favorável À entrada da Andretti na F1" class="wp-image-542535" />
Mohammed Ben Sulayem, presidente da FIA, falou sobre a iniciativa da entidade (Foto: Reprodução/FIA)

Os integrantes do UAOA deverão avaliar o impacto direto e indireto do abuso online, classificar as formas mais recorrente que eles acontecem, e também considerar como o desenvolver uma resposta coerente ao autor do comentário.

Além disso, as entidades esportivas terão de avaliar as consequências do abuso online para as mulheres, jovens e minorias. Ao todo, serão reunidos respostas a mais de 35 formas de rastrear as manifestações negativas, com o objetivo de proporcionar uma visão sobre um dos maiores desafios do esporte. Mohammed Ben Sulayem, presidente da FIA, falou sobre a iniciativa.

“O lançamento da primeira Pesquisa Barômetro sobre abuso online é um marco importante na campanha Unidos Contra o Abuso Online da FIA. Essa mais recente iniciativa de investigação produzirá resultados de todo o panorama esportivo para informar a nossa abordagem estratégica. Somente através de um esforço colaborativo alcançaremos algum sucesso no combate a este flagelo no nosso esporte. Todos, desde a mídia, equipes, competidores e torcedores, têm um papel a desempenhar”, finalizou. o presidente da FIA

https://youtube.com/watch?v=EuBvpOL26s8%3Fsi%3DwuE_2GhnO3n4XIQu