Alonso descarta frustração e lembra "ano incrível" após abandono duplo no México

Mesmo diante de seu pior momento desde a chegada à Aston Martin, Fernando Alonso exaltou a temporada da equipe e espera reverter a situação até o fim de 2023

Pela segunda corrida consecutiva, Fernando Alonso enfrentou problemas com a Aston Martin e foi obrigado a abandonar o GP da Cidade do México, disputado neste domingo (29). Embora esteja vivendo seu pior momento desde que chegou à equipe britânica, o espanhol descartou o sentimento de frustração pela queda de rendimento do AMR23 e reiterou que a temporada 2023 da Fórmula 1 ainda é "incrível" para a escuderia.

"É claro que adoraríamos continuar lutando por pódios, mas infelizmente não estamos nessa posição", admitiu Alonso. "No entanto, ainda não estamos frustrados. A temporada foi incrível para nós, mesmo com os abandonos", garantiu.

Relacionadas

"A temporada ainda é boa, mas espero reverter essa situação e terminar em alta", afirmou o bicampeão do mundo. "Sentimos imediatamente algo de errado com o carro, pois estávamos bastante lentos", prosseguiu.

Justamente devido à lentidão, Alonso precisou dar passagem a Lance Stroll durante a corrida com o intuito de ajudar o companheiro a conquistar pontos importantes para a Aston Martin, que disputa o quarto lugar do Mundial de Construtores com a McLaren. Entretanto, o canadense também abandonou logo em seguida.

Fernando Alonso passou por dificuldades com o carro no GP da Cidade do México (Foto: Aston Martin)

"No início, deixamos Lance [Stroll] passar na esperança de obter um resultado melhor para a equipe. Mas, no geral, fomos lentos na corrida, não apenas neste domingo. O fim de semana inteiro foi difícil para nós. Às vezes, aprendemos mais nas dificuldades. Então, espero que seja um desses momentos", ratificou.

Apesar de ver o ano como positivo para a Aston Martin, o segundo abandono consecutivo na temporada custou para Alonso o quarto lugar no Mundial de Pilotos. O espanhol foi ultrapassado pelo compatriota Carlos Sainz, da Ferrari, quarto colocado na Cidade do México.

Agora, Sainz tem os mesmos 183 pontos do piloto do carro #14, mas fica à frente nos critérios de desempate graças à vitória no GP de Singapura.

Fórmula 1 retorna já no próximo fim de semana, entre os dias 3 e 5 de novembro, com o GP de São Paulo, em Interlagos. O GRANDE PRÊMIO cobre o evento ‘in loco’ e com equipe cheia.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Enzo Fittipaldi aproveita vitrine, mas Red Bull já deixou de ser caminho para F1 | GP às 10