Ricciardo foca em recuperação e diz que teve de optar entre "bater em Piastri ou no muro"

Daniel Ricciardo explicou que não teria tempo de desviar de Oscar Piastri, por isso jogou o próprio carro contra a barreira de proteção no TL2 da F1 na Holanda. Com a força do impacto, o australiano fraturou o punho

Daniel Ricciardo se viu obrigado a uma ingrata escolha durante o treino livre 2 da Fórmula 1 na Holanda, realizado na sexta-feira (25): bater no compatriota, Oscar Piastri, que estava atravessado na curva 3, ou jogar o próprio carro contra o muro e evitar o que poderia ser pior para ambos. A decisão pela segunda alternativa resultou em uma fratura no punho esquerdo, e o piloto da AlphaTauri declarou que, agora, está concentrado em voltar às pistas "o mais rápido possível".

O acidente aconteceu pouco mais de dez minutos após o início da sessão. Piastri cometeu um erro na curva 3 e bateu num ponto sem área de escape, ficando com parte do carro na pista. Ricciardo vinha imediatamente atrás e não conseguiria desviar do MCL60.

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqu
i!

Daniel Ricciardo precisou jogar o próprio carro no muro para não bater em Piastri (Foto: Reprodução/F1)

"Lembro-me de entrar na curva 3. Já tinha entrado nela quando vi Piastri, então era bater nele ou no muro", relatou o australiano após os exames que constaram a quebra do metacarpo da mão esquerda.

"Quando bati na barreira, não tive tempo suficiente para tirar minhas mãos do volantes, então o volante bateu na minha mão. É muito lamentável e frustrante, mas vou tentar me recuperar o mais rápido que puder", prometeu o piloto, que terá de passar por cirurgia. O consultor da Red Bull, Helmut Marko, confirmou que a operação será conduzida pelo Dr. Xavier Mir — o mesmo médico responsável pela cirurgia de Lance Stroll e conhecido por cuidar dos pilotos da MotoGP.

A lesão de Ricciardo sugere imobilização da mão de 2 a 6 semanas, com necessidade de fisioterapia e a possibilidade de até 3 meses de recuperação para ter todas as funções das mãos de novo. O #3 disse que "adoraria voltar logo, mas também quero garantir que faremos as coisas do jeito certo, e então voltarei forte e competitivo".

Para o restante do final de semana em Zandvoort, a AlphaTauri terá Liam Lawson ao volante da AT04, em sua estreia num GP de F1. Ao neozelandês, Ricciardo desejou boa sorte. "Desejo que o time fique bem e lamento por mais uma mudança de planos. É uma chance para Liam, e desejo a ele e para a equipe um fim de semana forte", concluiu.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP da Holanda, em Zandvoort, 13ª etapa da temporada 2023. No sábado e no domingo, classificação e corrida também contam com transmissão em SEGUNDA TELA, NA GPTV, EM PARCERIA COM A VOZ DO ESPORTE. Logo mais, a classificação começa às 10h (de Brasília, GMT-3). Mesmo horário da largada no domingo.