Chefe da Haas sinaliza renovação com “bons garotos” Hülkenberg e Magnussen na F1

Guenther Steiner indicou que Nico Hülkenberg e Kevin Magnussen devem seguir com a Haas na Fórmula 1. Dirigente disse, ainda, que espera uma solução para a irregularidade da performance após as férias de verão

Chefe da Haas, Guenther Steiner sinalizou com a renovação dos contratos dos “dois” pilotos do time na Fórmula 1. O dirigente destacou a boa relação que tem com Nico Hülkenberg e Kevin Magnussen e avaliou que é divertido trabalhar com a dupla.

Esta, aliás, não é a primeira vez que a Haas fala em renovar. Inicialmente, porém, Steiner tinha falado mais diretamente sobre o caso de Hülkenberg, mas agora sinaliza que os dois titulares devem seguir com a equipe.

Guenther Steiner destacou a boa relação que tem com os pilotos da Haas (Foto: Haas F1 Team)

Relacionadas

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

As tratativas, por sinal, ganham mais corpo a partir deste fim de semana, já que Gene Haas, dono da equipe, está em Budapeste para o GP da Hungria. O norte-americano também estará no GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps, na próxima semana.

“Os dois são bons garotos”, disse Steiner em entrevista ao serviço de streaming espanhol DAZN. “Tenho uma relação muito boa com os dois, tanto pessoal quanto profissionalmente. É muito divertido trabalhar com eles”, seguiu.

“Normalmente, estou mais frustrado do que eles. São eles que me encorajam e têm de cuidar de mim”, contou.

Mesmo cheio de elogios aos próprios pilotos, o chefe da Haas reconhece que Fernando Alonso é o melhor piloto do pedaço.

“Sempre disse que, como piloto, Fernando é um mestre. Acho que ele poderia correr sem engenheiros e estrategistas. Ele é o melhor de todos”, exaltou. “Se Fernando fosse cinco ou sete anos mais jovem, ele seria o mais completo. Abaixo dele estão [Lewis] Hamilton e [Max] Verstappen, que também são muito bons. Max está em um ótimo momento, tanto da carreira como da vida. Está surfando a onda”, comentou.

Steiner destacou que a performance da Haas não tem sido muito estável neste ano, mas assegurou que a equipe segue empenhada em resolver os problemas.

“Este ano, é difícil saber quão bem vamos nos sair. Às vezes, o carro vai bem e não sabemos o motivo. Às vezes, não vai e também não sabemos”, apontou. “Nosso problema principal são os pneus traseiros. Nós o superaquecemos. Estamos trabalhando para ter isso solucionado depois das férias de verão”, encerrou.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP da Hungria de Fórmula 1. A classificação está marcada para as 11h deste sábado (22).