Leclerc lidera TL2 'de bolso' em Abu Dhabi marcado por acidentes de Sainz e Hülkenberg

Foi Charles Leclerc quem terminou como o mais veloz de um segundo treino livre que acabou com menos de 50% de bandeira verde

Após uma atividade inicial com metade do grid modificado por novatos, a expectativa para o segundo treino livre desta sexta-feira (24), em Abu Dhabi, era de longas simulações de corrida e ampla quilometragem adquirida. Mas não foi o que aconteceu, por conta de duas interrupções. Com o que sobrou da sessão, Charles Leclerc superou os demais e colocou a Ferrari na dianteira.

As voltas que contaram mesmo acabaram chegando nos 15 minutos finais, e Leclerc, que esteve fora do TL1 ao ceder o cockpit para Robert Shwartzman, anotou 1min24s809. Lando Norris foi o segundo e apenas 0s043 mais lento.

Relacionadas

Max Verstappen trouxe a terceira colocação, seguido por Valtteri Bottas, Sergio Pérez, George Russell, Guanyu Zhou, Lewis Hamilton, Pierre Gasly e Oscar Piastri fecharam o top-10. A diferença entre Piastri e Leclerc ficou em apenas 0s552.

O treino teve pouco tempo de bandeira verde. Durante 27 minutos, a sessão ficou paralisada por conta de um acidente de Carlos Sainz, que cravou a Ferrari no muro da curva dois após pegar o ar sujo de um dos carros da Haas. Assim que a ação foi retomada, Nico Hülkenberg é que escapou na curva um, rodou e também foi ao muro. Entre as duas situações, 34 minutos foram para o ar.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP de Abu Dhabi de Fórmula 1. No sábado, o TL3 inicia às 7h30 (de Brasília, GMT-3), com a classificação às 11h. Por fim, a largada, no domingo, está programada para as 10h. Em SEGUNDA TELA, o GP acompanha a etapa com transmissões da classificação, da sprint e da corrida. Na sexta-feira, no sábado e no domingo, o BRIEFING repercute tudo que acontece na etapa final.

O acidente de Carlos Sainz no TL2 (Vídeo: Dazn)

Confira como foi o TL2 do GP de Abu Dhabi:

Um pouco mais frio e menos nublado: o asfalto caíra de 41°C para 33°C de um treino para o outro. O segundo, marcado para as 17h locais (10h de Brasília, GMT-3), começara com os 20 titulares após um TL1 com metade do pelotão formado por novatos.

O mais rápido dos novatos? Felipe Drugovich, com a Aston Martin, na segunda colocação. O campeão da F2 2022 também foi o único piloto novato que superou o melhor tempo do titular que esteve ao lado: no caso, Lance Stroll.

Com luz verde e permissão para partir, a fila de pilotos ganhou vários adeptos. Assim como no TL1, Sargeant demorou um pouco para sair, mas a pista encheu rapidamente. O americano, multado por bloquear Jack Doohan no primeiro treino, saiu em seguida. Em menos de cinco minutos, todos estavam na pista.

Carlos Sainz bateu no TL1 (Foto: Reprodução/F1)

Max Verstappen, no primeiro contato com o RB19 na marina de Yas, virou 1min26s453 e assumiu a dianteira momentânea, mas era somente o princípio. E a escolha de pneus era nos médios para quase todo mundo na pista, tirando Valtteri Bottas, de duros, e Sargeant, de macios.

As voltas rápidas somente começavam, no momento. Pouco depois, Kevin Magnussen passou na frente, algo que George Russell faria em seguida. Com 1min25s906, tomava a dianteira com cerca de oito minutos de ação.

O treino, porém, encontrou enorme problema na sequência. Carlos Sainz entrou em velocidade de volta rápida na curva dois e pegou ar sujo de um carro mais lento da Haas alguns metros na frente. Foi o suficiente para desestabilizar a Ferrari, fazer Sainz rodar e ir parar com uma pancada consideravelmente forte na barreira de proteção.

Carlos se explicou para a equipe e disse estar bem, mas a bandeira vermelha aparecia, bem como o carro médico para levá-lo. O carro ficou enterrado na barreira e claramente danificado na parte dianteira. Além disso, a barreira teria de ser reparada.

Nico Hülkenberg também bateu no TL1 em Abu Dhabi (Vídeo: Dazn)

Desta forma, a bandeira vermelha colocou gelo no treino: a interrupção durou 27 minutos. Quando a bandeira verde retomou, apenas mais 25 minutos de atividade vinham pela frente.

Só que, com apenas três minutos de pista, foi Nico Hülkenberg quem escapou na tomada da curva um, rodou e foi para o muro. Aí, mais sete minutos de bandeira vermelha. A retomada seguinte veio com 15 minutos restantes.

Como o tempo de simulações de corrida, que seria o principal da atividade, foi tirado, era hora de testar pneus macios em rápidas simulações de classificação. Valtteri Bottas foi o primeiro a cravar volta rápida e tomar a ponta, mas claro que o tempo caía. Charles Leclerc, por exemplo, logo assumiu a dianteira.

Uma questão se sobrepôs, porém: como tem feito nas últimas etapas, Verstappen fez uma série de ultrapassagens ainda dentro do pit-lane conforme a fila de pilotos retornava para a pista. Passou, inclusive, pelas duas Mercedes. George Russell reclamou que o rival tinha ido além da linha branca.

Mais gente saiu de pneus macios, sobretudo das equipes que representam as principais forças do grid, mas ninguém conseguiu superar o tempo de Leclerc, que ficou na frente. Norris foi segundo, com Verstappen apenas em terceiro. Bottas furou as rivais mais fortes, enquanto Pérez, Russell, Zhou — reforçando a vontade da Alfa Romeo no fim de semana de despedida da parceria com a Sauber —, Hamilton, Gasly e Piastri completaram o top-10.

Ainda houve tempo para Verstappen se irritar um tanto com a Red Bull quando saiu dos boxes pela última vez no dia, uma vez que demorou a ser avisado de que encontraria com Oscar Piastri em volta rápida, e os dois quase se engambelaram. Hamilton também quase escapou na curva oito, mas conseguiu dominar o carro e sair acelerando. E foi isso. Um treino muito menos ativo do que se imaginava.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

F1 2023, GP de Abu Dhabi, Yas Marina, TL2:

1C LECLERCFerrari1:24.809 
2L NORRISMcLaren Mercedes1:24.852+0.043
3M VERSTAPPENRed Bull Honda1:24.982+0.173
4V BOTTASAlfa Romeo Ferrari1:25.024+0.215
5S PÉREZRed Bull Honda1:25.112+0.303
6G RUSSELLMercedes1:25.122+0.313
7G ZHOUAlfa Romeo Ferrari1:25.223+0.414
8L HAMILTONMercedes1:25.315+0.506
9P GASLYAlpine1:25.321+0.512
10O PIASTRIMcLaren Mercedes1:25.361+0.552
11F ALONSOAston Martin Mercedes1:25.397+0.588
12D RICCIARDOAlphaTauri Honda1:25.467+0.658
13L STROLLAston Martin Mercedes1:25.492+0.683
14E OCONAlpine1:25.566+0.757
15Y TSUNODAAlphaTauri Honda1:25.669+0.860
16A ALBONWilliams Mercedes1:26.081+1.272
17K MAGNUSSENHaas Ferrari1:26.413+1.604
18L SARGEANTWilliams Mercedes1:26.659+1.850
19C SAINZFerrari1:26.707+1.898
20N HÜLKENBERGHaas Ferrari1:27.147+2.338
🔴AO VIVO! F1 2023 em ABU DHABI: tudo sobre os treinos livres | Briefing