Na Garagem: Stoner é impecável com Ducati e conquista primeiro título na MotoGP

A escolha da Ducati por Casey Stoner, em 2007, não poderia ter sido melhor. Com dez vitórias e seis poles-position, o jovem australiano foi magistral para conquistar seu primeiro título na MotoGP, além de se tornar o primeiro campeão mundial da equipe de Borgo Panigale

A Ducati é uma das marcas mais charmosas da indústria e uma das mais importantes no que diz respeito à competição. Especialmente no Mundial de Motovelocidade. Neste momento, em que Francesco Bagnaia tenta alcançar Fabio Quartararo na disputa pelo título, o nome de Casey Stoner aparece com força. Isso porque o australiano ainda é o único a ter conquistado o Mundial de Pilotos na MotoGP defendendo as cores de Borgo Panigale. E foi em um dia como esse, mas há exatos 15 anos, que Stoner levantou a taça de campeão.

Depois de passar pelas 150cc e 250cc, Stoner subiu para a MotoGP em 2006, à época com a LCR. Ele chegou a receber convite para testar a RC211V da Honda Pons, o que mostrava interesse do time japonês. No entanto, Casey não teve o patrocínio esperado e acabou por ficar com a equipe de Lucio Cecchinello.

O piloto tinha 21 anos no ano de seu primeiro título (Foto: Ducati)

O piloto surpreendeu por conquistar uma pole-position logo na segunda corrida, mas, ao longo da temporada, sofreu muitas quedas. Terminou na oitava posição do Mundial. No ano seguinte, chegou à Ducati para ser segundo piloto, ao lado de Loris Capirossi. Mais uma vez, chamou atenção: o australiano venceu a primeira prova do ano, no Catar, depois de uma disputa intensa com Valentino Rossi.

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP
⇝ Quartararo queima gordura com queda e vê rivais mais perto na MotoGP

A maior característica do então jovem de 21 anos era a de tirar até mais do que a Desmosedici podia oferecer, com um modo de guiar muito particular e agressivo. Naquele ano, foram dez vitórias e seis poles. Ninguém foi capaz de andar junto com o australiano, nem mesmo um Rossi já multicampeão. Para se ter uma ideia do domínio imposto naquele momento: a pior posição em uma corrida foi um sexto lugar, no Japão. Ainda assim, curiosamente, foi o suficiente para arrebatar o primeiro título na classe rainha — bem como se tornar o primeiro campeão mundial com a Ducati.

A conquista de Stoner foi impactante. À época, ele triunfou com um fabricante não-japonês desde Phil Read, com a MV Augusta, em 1974. Até hoje é o piloto mais bem-sucedido da Ducati que, nos dias atuais, tem um verdadeiro ‘exército vermelho’ no grid, além de um jovem postulante ao título, Bagnaia. Os italianos colocam no piloto de Turim todas as expectativas para encerrar o jejum deixado por seu único campeão.

Stoner conquistou o título em seu ano de estreia pela Ducati (Foto: Ducati)

Depois do campeonato, Casey se manteve competitivo na MotoGP. Foi forte candidato ao título nas temporadas de 2008 e 2009, vencidas por Valentino, seu grande rival. Mais tarde, em 2011, foi contratado pela Honda e venceu seu segundo e último título naquele ano.

Da seleta lista da MotoGP, mais de 30 pilotos diferentes venceram na categoria, sendo Rossi o recordista de triunfos, com 76. Stoner está empatado com Jorge Lorenzo – ambos têm 47 e estão atrás de Marc Márquez (59).

Stoner deixou o esporte no fim da temporada 2012, aos 26 anos.

LEIA TAMBÉM
Ducati bate martelo e especifica distribuição dos modelos para temporada 2023
Biaggi se diz envergonhado por ato de mecânicos em Aragão: “Impossível defender”
MotoGP encaminha acordo para entrada da Índia no calendário “em futuro próximo”
Impacto da moto no peito de Quartararo causou estouro no zíper de traje, diz fabricante
Incêndio em box da Moto2 no Japão destrói equipamentos da Marc VDS

O post Na Garagem: Stoner é impecável com Ducati e conquista primeiro título na MotoGP apareceu primeiro em Grande Prêmio.