Bagnaia vê inteligência de pilotos em rivalidades da atual MotoGP: “Temos respeito”

Francesco Bagnaia entende que as rivalidades da MotoGP atual são construídas com mais respeito e elogia seus oponentes, Fabio Quartararo e Aleix Espargaró, por serem "inteligentes" e fazerem o mesmo

Muitas vezes as história das modalidades esportivas são construídas em cima de suas grandes rivalidades. Na MotoGP, isso não é diferente. Um dos maiores pilotos da história da categoria, Valentino Rossi, é quem talvez mais acumulou oponentes: Max Biaggi, Jorge Lorenzo, Casey Stoner…

No entanto, são novos tempos para a classe rainha — ou, pelo menos, para Francesco Bagnaia. O piloto de Turim está apenas 10 pontos atrás de Fabio Quartararo e tem Aleix Espargaró também em seu encalço. Mas Pecco explica que não há a mesma ‘faísca’ dos anos anteriores.

“Acho que a boa relação que existe entre nós é porque jogamos pelo campeonato se deve ao fato de sermos pilotos inteligentes, e não quero dizer que aqueles que agiram de forma diferente no passado não foram”, disse ele. “Não somos amigos, somos rivais, mas com muito respeito. Pessoalmente, acho que é melhor agora, porque você não vê as coisas que aconteciam antes”, acrescentou.

📺 Onde assistir ao vivo GP do Japão de MotoGP

Francesco Bagnaia vê uma mudança nas rivalidades da MotoGP (Foto: Divulgação/MotoGP)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O candidato ao título, inclusive, mencionou seu mentor, Rossi. Para ele, a guerra mental sempre foi num fator na classe rainha. Hoje, ele tenta tratar as coisas de outra forma.

“Acho que a grande rivalidade que existia no passado, como a de Valentino e Biaggi, está há anos-luz de distância, também porque acho que os jornalistas tiveram sua parcela nisso. Você sempre procura uma rivalidade, é normal, é só pode ganhar um, mas por enquanto somos rivais com respeito. Antes havia mais guerra psicológica, mas se alguém diz algo ruim contra mim, isso não me afeta, porque é o que ele pensa e eu o respeito”, completou.

No treino livre 1 desta sexta-feira (23), Jack Miller liderou e comandou a dobradinha da Demosedici, com Bagnaia atrás por 0s028. Algo positivo, embora o dono da GP22 #63 aponte que há muitas dúvidas em relação aos pneus.

“Tentamos dar muitas voltas com compostos diferentes, eu e Miller, para ter uma ideia mais clara do pneu de corrida, mas agora ainda é difícil escolher, é um trabalho que temos de olhar esta noite, Precisamos de mais voltas”, encerrou.

O segundo treino livre para o GP do Japão de MotoGP, em Motegi, está marcado para esta sexta-feira, as 22h50 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

O post Bagnaia vê inteligência de pilotos em rivalidades da atual MotoGP: “Temos respeito” apareceu primeiro em Grande Prêmio.