Vandoorne destaca importância de consistência em título: “Todos tinham mais vitórias”

Stoffel Vandoorne foi campeão da Fórmula E com apenas uma vitória na temporada, enquanto Mitch Evans e Edoardo Mortara venceram quatro e perderam taça. Após a conquista, belga destacou regularidade que lhe valeu pontos em 15 das 16 corridas

CHEGOU A GRANDE FINAL: FÓRMULA E SE PREPARA PARA DECIDIR TÍTULO EM SEUL

Stoffel Vandoorne repetiu o mantra da regularidade na última etapa da Fórmula E em 2022, neste fim de semana, em Seul, e saiu da Coreia do Sul com a taça da categoria na bagagem pela primeira vez. O belga largou em quarto no Complexo Esportivo de Jamsil, mas aproveitou a confusão entre Jake Dennis e António Félix da Costa para garantir o segundo lugar e subir ao pódio pela oitava vez em 16 corridas na temporada. Depois de garantir seu primeiro título mundial, o piloto da Mercedes não conteve a empolgação.

“Campeão mundial, uau! É simplesmente a melhor sensação do mundo”, disse Vandoorne, totalmente extasiado após a conquista. “Apenas olhe para a temporada que tivemos — a consistência e o carro têm estado incríveis, e a equipe fez um excelente trabalho”, elogiou o belga, agora detentor de um título mundial no automobilismo.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Vandoorne enfim realizou o sonho do título mundial e conquistou a Fórmula E (Foto: Fórmula E)

Vandoorne ainda destacou as campanhas de Mitch Evans, vice-campeão, e Edoardo Mortara, terceiro colocado, que brigaram pelo título por boa parte da temporada e foram as principais ameaças à conquista de Stoffel. Ainda que os dois tenham vencido quatro corridas cada — contra apenas uma do #5 — os pontos somados em 15 das 16 provas da temporada fizeram a diferença para decidir o destino da taça.

“Acho que absolutamente todos nós merecemos isso”, ressaltou o piloto belga. “O que alcançamos hoje foi algo especial. Mitch [Evans] me empurrou à frente durante todo esse tempo, o mesmo para ‘Edo’ [Mortara], eles sempre estiveram lá. No fim, foi realmente sobre a consistência. Todos eles tinham mais vitórias do que eu, mas eu tenho mais pódios — eu acho”, completou.

Por fim, Vandoorne abordou a reta final da corrida, em que já sabia que o título estava muito próximo mas precisava manter a concentração. O belga admitiu que foi difícil, principalmente porque estava ciente de que o segundo colocado Jake Dennis havia sido punido em 5s e precisava se manter próximo ao britânico para tomar sua posição — o que nem era necessário para ser campeão, já que Evans não passou do sétimo lugar.

Evans venceu quatro corridas, inclusive uma em Seul, mas não foi o bastante para bater Vandoorne (Foto: Fórmula E)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Foi difícil de manter o foco, porque o ritmo no fim estava tão forte, eu sabia que Jake [Dennis] tinha uma punição de 5s, então tinha que me manter próximo o suficiente a ele para garantir o segundo lugar”, afirmou. “Foi um dia excelente, de muita concentração. Eu estou exausto após esse ano, tem havido muito esforço — o tanto que eu e a equipe nos esforçamos para isso é incrível”, encerrou.

Outro a ter dificuldades para conter a empolgação foi o chefe da Mercedes, Ian James, que comemorou dois títulos em Seul: o de Vandoorne e o da própria equipe alemã, bicampeã do Mundial de Construtores no ano de despedida da categoria. A partir do ano que vem, a estrutura do time campeão será incorporada pela McLaren, que fará sua estreia na Fórmula E em 2023.

“Isso é incrível”, afirmou James. “Eu estou tentando me segurar no momento. Estou tão feliz por Stoffel [Vandoorne], não há ninguém que mereça mais do que ele. Ele foi tão consistente esse ano, se esforçou tanto para construir e desenvolver a equipe e tem sido uma parte fundamental de nosso sucesso. Vê-lo conquistar [o título] é um sonho se tornando realidade para ele — é fenomenal. E fazer isso no último ano da Mercedes também. É um momento muito especial”, finalizou.

O post Vandoorne destaca importância de consistência em título: “Todos tinham mais vitórias” apareceu primeiro em Grande Prêmio.