Sette Câmara fecha com NIO para ser companheiro de Ticktum na Fórmula E 2023

Em busca de um lugar no grid da Fórmula E para a temporada 2022/2023, Sérgio Sette Câmara fechou acordo com a NIO para ser parceiro de Dan Ticktum a partir do ano que vem

ROSENQVIST SE REBELA E PODE LARGAR MCLAREN POR VAGA NA INDY 2023

Sérgio Sette Câmara terá uma nova equipe na Fórmula E em 2023. De acordo com informações do portal inglês The Race, o brasileiro chegou a um acordo com a NIO e vai passar a defender a escuderia britânica a partir do ano que vem. Seu companheiro de equipe será o inglês Dan Ticktum, que também está em fase final de acordo com o time para correr em sua segunda temporada na categoria de monopostos elétricos.

Recentemente, o mineiro já havia confirmado que estava em conversas avançadas com uma das equipes do grid, mas se recusou a revelar qual seria. Ainda no fim de semana da categoria em Seul, Sette Câmara não conseguia disfarçar a empolgação pela confirmação de mais um ano.

“[A situação] está muito melhor, e sim, estou certo de que vou estar no grid para o ano que vem”, revelou Sérgio na ocasião. “Não posso abordar com qual equipe, por mais que não existam mais muitos assentos disponíveis. Mas provavelmente estarei aqui, e estou muito feliz por isso”, completou.

Apesar de ter somado apenas dois pontos em toda a temporada, Sette Câmara já vinha sendo um dos nomes mais comentados no paddock para trocar de equipe há algum tempo. Isto porque os dois pontos do brasileiro foram os únicos da Dragon em todo o campeonato, com um carro claramente inferior aos rivais e que só trazia algum tipo de competitividade em ritmo de classificação.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Trabalho de Sette Câmara na Dragon lhe rendeu outro contrato no grid (Foto: Fórmula E)Free Practice 01

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Se aproveitando disso, o #7 colocou o carro vermelho e branco em algumas posições de destaque no grid, como o quarto lugar em Londres, o quinto em Nova York e a sétima colocação na largada de Berlim. No entanto, durante as corridas, se tornava praticamente impossível segurar o carro no top-10, o que gerou inclusive algumas conversas acaloradas durante o ano.

Para 2023, a Dragon vai passar por uma reformulação. A equipe vai deixar de produzir os motores Penske para usar o trem de força da DS, e a dupla de pilotos promete vir com muita força no próximo ano: o atual campeão, Stoffel Vandoorne, se juntará ao único bicampeão da história da Fórmula E, Jean-Èric Vergne.

Agora, Sette Câmara partirá para um novo desafio na NIO, que vai manter Ticktum e dispensar os serviços de Oliver Turvey, titular ao longo de 2021/2022. A equipe britânica ficou apenas uma posição acima da Dragon no campeonato, com sete pontos em 16 corridas, o que indica um novo desafio de competitividade para o brasileiro.

No ano que vem, a Fórmula E vai implementar a estreia dos carros Gen3, o que pode alterar a ordem de forças do grid. A NIO, no entanto, é a única fornecedora de motores que não tem uma equipe cliente confirmada para o ano que vem até o momento.

O post Sette Câmara fecha com NIO para ser companheiro de Ticktum na Fórmula E 2023 apareceu primeiro em Grande Prêmio.