Sette Câmara confirma saída da Dragon e se junta à NIO para temporada 2022/2023 da FE

Sérgio Sette Câmara teve uma temporada complicada com a Dragon, somando apenas dois pontos, mas está animado para correr com o Gen3 por uma nova equipe na Fórmula E

Depois de uma temporada complicada com a Dragon, somando apenas dois pontos, Sérgio Sette Câmara confirmou nesta quarta-feira (14) que está de malas prontas para se juntar à NIO a partir do Mundial 2022/2023 da Fórmula E. O brasileiro vai entrar na vaga de Oliver Turvey para ser o companheiro de equipe de Dan Ticktum.

Recentemente, Sette Câmara confirmou que estava em conversas avançadas com uma das equipes do grid, mas se recusou a revelar qual seria. O portal The Race, no entanto, havia noticiado em agosto que o piloto seria o novo nome da NIO.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Sérgio Sette Câmara teve dificuldades com a Dragon nesta temporada (Foto: Fórmula E)

“Estou muito feliz em me juntar à família NIO 333 e quero agradecer a todos da equipe que acreditaram em mim para esta oportunidade”, disse o piloto de 24 anos, reforçando que a prioridade sempre foi continuar na categoria, porém em busca de novos desafios.

“Eu sempre deixei clara a minha vontade de permanecer do Campeonato da Fórmula E e estou super animado com o novo carro Gen3. Ontem fizemos um shakedown do equipamento, andamos muito e atingimos a 320 km/h”, destacou.

Alex Hui, chefe de equipe da NIO, comemorou a chegada do brasileiro, a quem se referiu como “um talento fantástico”. “Estamos muito satisfeitos em poder trazer Sérgio a bordo. Ele é um talento fantástico e já ficamos muito impressionados com ele.”

“Garantir seu nome completa outra parte do quebra-cabeças da equipe NIO 333 progredindo ainda mais no grid da Fórmula E. Estamos caminhando para a nona temporada com muita motivação e um ótimo momento”, concluiu.

Em 2021/2022, a NIO ficou apenas uma posição acima da Dragon no campeonato, com sete pontos em 16 corridas, o que indica um novo desafio de competitividade para Sette Câmara. O time americano, por sua vez, vai passar por uma reformulação para a próxima temporada. Ela vai deixar de produzir os motores Penske para usar o trem de força da DS, e a dupla de pilotos promete vir com muita força no próximo ano: o atual campeão, Stoffel Vandoorne, se juntará ao único bicampeão da história da Fórmula E, Jean-Èric Vergne.

No ano que vem, a Fórmula E vai implementar a estreia dos carros Gen3, o que pode alterar a ordem de forças do grid. A NIO, no entanto, é a única fornecedora de motores que não tem uma equipe cliente confirmada para 2023 até o momento.

O post Sette Câmara confirma saída da Dragon e se junta à NIO para temporada 2022/2023 da FE apareceu primeiro em Grande Prêmio.