Gasly coloca “luta por vitórias” como fator para decidir futuro na F1 2023

Cogitado na Alpine para 2023, Gasly quer vencer mais vezes na Fórmula 1 e isso será decisivo para escolher por qual equipe vai pilotar na próxima temporada

Estagnado na AlphaTauri em 2022, Pierre Gasly quer lutar no pelotão da frente na Fórmula 1 e isso vai pesar na decisão da escolha de qual equipe vai pilotar na próxima temporada. O francês tem contrato com sua equipe, mas vem sendo associado a uma possível mudança para a Alpine, com a saída de Fernando Alonso para a Aston Martin.

A Red Bull não vai segurar Gasly se puder garantir um substituto adequado. Mas como a falta da Superlicença da FIA para Colton Herta, primeiro piloto da lista da equipe de Faenza, a possibilidade de saída parece cada vez mais distante.

À Sky Sports, Pierre não escondeu o desejo de alçar novos voos na F1 no ano que vem. “No momento, isso está fora do meu controle. [AlphaTauri] deu a primeira chance na categoria e minha primeira vitória, mas não significa que vou ficar lá toda a minha vida. Minhas ambições passam por lutar na frente, é isso que quero.”

Pierre Gasly é um dos desejos da Alpine para 2023 (Foto: AlphaTauri)

Ainda que continue como o #10 da AlphaTauri a contragosto, não significa que ele vai deixar de ser competitivo. “Vamos ver se faço mais um ano lá, no momento é o que está planejado. Se ficar, darei 110% por esta equipe. Há alguns pontos a serem resolvidos antes, mas tem de ver o que vai acontecer nas próximas semanas”, garantiu Gasly.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Até o momento, são 80 GP’s do francês pela AlphaTauri – antes Toro Rosso. Gasly estreou na Fórmula 1 em 2017 e tem uma vitória no GP da Itália em 2020, além de três pódios – um segundo lugar em Interlagos em 2019 e um terceiro em Baku, na temporada 2021.

Em 2022, seu melhor resultado foi um quinto lugar no Azerbaijão. Pierre está na lista da Alpine para 2023, que considera outros pilotos caso sua equipe não encontre um substituto à sua altura. Na última quinta-feira (22), a AlphaTauri garantiu a permanência de Yuki Tsunoda para o ano que vem.

O post Gasly coloca “luta por vitórias” como fator para decidir futuro na F1 2023 apareceu primeiro em Grande Prêmio.