McLaren revela surpresa com distância de Red Bull e Ferrari apesar de teto de gastos

James Key revelou surpresa pela forma com que Red Bull e Ferrari abriram distância ao resto do pelotão da Fórmula 1 em 2022, mas deu mérito aos times por saberem trabalhar com o teto orçamentário

Diretor-técnico da McLaren, James Key falou sobre a disparidade que Red Bull e Ferrari carregam para o resto do pelotão da Fórmula 1 em 2022. No primeiro ano do novo regulamento com teto orçamentário, as duas equipes venceram as 16 provas disputadas até aqui no campeonato, fato que surpreendeu o diretor pelo que conseguiram fazer apesar das limitações financeiras.

Enquanto a McLaren até venceu corrida com Daniel Ricciardo em 2021, o time amarga a quinta posição no Mundial de Construtores, e foi o único diferente do trio de ferro da categoria [que também inclui a Mercedes] a subir no pódio, com Lando Norris no GP da Emília-Romanha. Key parabenizou o trabalho das duas equipes.

“Eu estou um pouco surpreso em como dois times conseguiram um pouco mais de performance comparado aos outros. Era um pelotão mais apertado no começo da temporada, mas está se espaçando, e tenho de dizer que Ferrari e Red Bull estão fazendo um grande trabalho em explorar mais”, comentou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Lando Norris pela McLaren (Foto: AFP)

LEIA MAIS: Sainz revela conselhos do pai para mudar estilo na F1: “Ser o caçador, não a caça”

Atual campeão, Max Verstappen é quem mais venceu em 2022, com 11 triunfos pela Red Bull. Charles Leclerc soma 3 com a Ferrari, enquanto Carlos Sainz e Sergio Pérez venceram uma vez cada. Key acredita que o teto orçamentário iguala as coisas em tese, mas que os times maiores herdam anos de experiência e estrutura.

“Isso mostra que mesmo com um teto de gastos, se você é um grande time com uma imensa infraestrutura e muito conhecimento e metodologia construída ao longo doa nos, ainda conta muito. É uma igualdade de condições em termos do orçamento que temos, mas não é em termos de onde viemos. Isso nos dá um excelente ponto de referência para aspirar”, completou.

A McLaren tem 107 pontos no Mundial de Construtores e busca alcançar a Alpine, que está à frente com 125. A próxima missão do time de Woking acontece no dia 2 de outubro com o GP de Singapura, no circuito de rua de Marina Bay.

F1 TEM OS 20 MELHORES DO MUNDO? DRUGOVICH ESTARIA NO GRID? | Paddock GP #305

O post McLaren revela surpresa com distância de Red Bull e Ferrari apesar de teto de gastos apareceu primeiro em Grande Prêmio.