AlphaTauri dá voto de confiança e renova com Tsunoda para temporada de 2023 da F1

Com a confirmação de que o piloto japonês terá um terceiro ano na equipe de Fenza, resta saber se Pierre Gasly será — ou não — seu companheiro de equipe para a próxima temporada da Fórmula 1

Mais uma peça do quebra-cabeça do grid da Fórmula 1 em 2023 foi encaixada. Nas primeiras horas desta quinta-feira (22), a AlphaTauri anunciou que o contrato de Yuki Tsunoda foi renovado para a próxima temporada da principal categoria de automobilismo do mundo.

O piloto japonês, de 22 anos e 38 GP’s para a conta na carreira, disse no mês passado que sentia que a alta cúpula da Red Bull queria sua permanência, mas que seguir na AlphaTauri dependia de coisas que “aconteciam nos bastidores”. Qualquer dúvida foi, agora, sanada.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“Quero agradecer à Red Bull, Honda e AlphaTauri por continuarem me dando a oportunidade de pilotar na F1. Depois de me mudar para a Itália no ano passado para ficar mais perto da fábrica, certamente eu me sinto parte da equipe e estou feliz por ainda poder correr com eles em 2023”, afirmou Tsunoda, em comunicado oficial.

“É claro que nossa temporada de 2022 ainda não acabou e estou me esforçando muito na batalha do pelotão intermediário, então estou totalmente focado em terminar em alta e, aí sim, estaremos ansiosos para o próximo ano”, completou o japonês.

Yuki Tsunoda: confirmadíssimo para 2023 (Foto: AlphaTauri)

O dono do carro #22 ocupa a 16ª posição no Mundial de Pilotos, com somente 11 pontos somados. Tsunoda está zerado há 10 corridas — a última vez que terminou no top-10 foi no GP da Espanha, no mês de maio.

Ainda assim, o chefe de equipe da AlphaTauri, Franz Tost, afirmou que o japonês merecia a renovação — já que o período de 3 anos é, em sua visão, ideal para que qualquer jovem piloto possa plenamente demonstrar suas habilidades.

Tsunoda foi promovido à Fórmula 1 em 2021, depois de passar um ano em cada categoria de base: Fórmula 4, Fórmula 3 e Fórmula 2.

“Como vimos desde que ele se juntou a nós no ano passado, Yuki é um piloto muito talentoso e melhorou muito nesta temporada. O ritmo que mostrou recentemente é uma evidência clara de uma curva de aprendizado acentuada, o que mostra que ele merece uma vaga na F1, e ainda espero bons resultados dele nas últimas seis corridas de 2022”, disse Tost. “Como sempre digo, um piloto precisa de pelo menos três anos para se familiarizar totalmente com a Fórmula 1, então estou feliz que foi dado a ele o tempo para mostrar todo o seu potencial”, concluiu.

Franz Tost é chefe da AlphaTauri — e também falou sobre a renovação de Tsunoda (Foto: Red Bull Content Pool)

“Além disso, é uma testamento do que o Dr. Marko (Helmut, consultor da Red Bull) e o seu programa de pilotos de que podemos promover esses jovens talentos das categorias de base e desenvolvê-los. Eu gostaria de me juntar a Yuki em agradecimentos a Red Bull e AlphaTauri também, assim como a Honda, pelo apoio contínuo e por permitir que permaneçam conosco por mais um ano”, finalizou o chefe de equipe.

Agora, em teoria, a AlphaTauri tem sua dupla para 2023 confirmada — visto que Pierre Gasly está contratualmente fechado com a equipe para a próxima temporada. No entanto, resta saber se a equipe de Faenza irá, de fato, fechar com Nyck de Vries e assim liberar o francês para defender a Alpine.

Pierre Gasly será da Alpine? (Foto: AlphaTauri)

O post AlphaTauri dá voto de confiança e renova com Tsunoda para temporada de 2023 da F1 apareceu primeiro em Grande Prêmio.