Campbell e Jaminet vencem na Virgínia e se aproximam de título do IMSA na GTD Pro

Na base da estratégia, Mathieu Jaminet dosou combustível nas voltas finais e ainda segurou a pressão de Jordan Taylor para deixar título do IMSA muito próximo antes de etapa final

F1 2022 AO VIVO: TUDO SOBRE O GP DA BÉLGICA DE FÓRMULA 1 | Briefing

A dupla formada por Matt Campbell e Mathieu Jaminet aproveitou uma estratégia ousada da Porsche para vencer a penúltima etapa do IMSA 2022, disputada na Virgínia no último domingo (28), pela classe GTD Pro. Com o resultado, os pilotos se isolaram ainda mais na liderança da competição e tornaram questão de tempo a comemoração do título. Após 2h40 de prova, Antonio García e Jordan Taylor chegaram em segundo, com Ben Barnicoat e Jack Hawksworth completando o pódio na classe.

Após uma parada nos boxes que envolveu um pequeno reabastecimento e a troca dos pneus traseiros já no fim da corrida, Jaminet — que pilotava o carro #9 da Porsche — superou duas Aston Martin para tomar a ponta e executou de forma perfeita o plano para fazer o tanque durar até a bandeirada.

Não que tenha sido tranquilo para Jaminet, que pilotava o carro na reta final da corrida. O francês de 27 anos foi aos boxes com 50 minutos restantes no cronômetro, e voltou à pista precisando ao mesmo tempo acelerar para buscar a ponta — estava em terceiro — e economizar combustível para chegar ao fim da corrida.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Mercedes #57 de Ellis e Ward levou a melhor na classe GTD (Foto: IMSA)

No fim, deu tudo certo: Jaminet ultrapassou a Aston Martin #23 de Alex Riberas com 15 minutos no relógio, e cinco minutos depois deixou o outro carro da equipe britânica — pilotado por Maxime Martin na classe GTD — para trás.

A partir daí, o piloto francês precisou se manter fora de alcance em relação ao segundo colocado, Jordan Taylor, que conseguia imprimir ritmo superior. Ainda assim, Jaminet concluiu o objetivo e cruzou a linha de chegada com apenas 0s8 de vantagem para o rival. Ainda na volta de resfriamento, o combustível acabou de vez e fez o carro da Porsche ser empurrado para os boxes — dando o tom do limite que o vencedor precisou encarar.

Agora, com apenas a etapa de Atlanta pela frente, Campbell e Jaminet lideram a GTD Pro com 265 pontos de vantagem sobre García e Taylor, os novos segundos colocados. Como a última etapa oferece um máximo de 385 pontos, o título ainda está matematicamente em aberto — mas a dupla da Porsche passou a deter todo o favoritismo.

Mercedes de McAleer sofreu com furo de pneu, e piloto saiu da Virgínia sem a liderança da GTD (Vídeo: IMSA)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Entre os carros da classe GTD, a vitória ficou com a Mercedes: Russell Ward e Philip Ellis cruzaram a linha de chegada com pouco mais de 6s de vantagem para Roman De Angelis e Maxime Martin, os segundos colocados. Bryan Sellers e Madison Snow, da BMW, completaram o pódio.

Ellis liderava a corrida com menos de 20 minutos restantes no cronômetro, mas optou por ir aos boxes para receber mais combustível e deixou a ponta de bandeja para Martin. O piloto da Aston Martin, entretanto, precisou diminuir drasticamente o ritmo no fim para economizar combustível e acabou vendo Philip superá-lo com pouco menos de nove minutos para o encerramento da disputa.

Agora, o líder da classe GTD responde pelo nome de Roman De Angelis, que abriu 45 pontos de vantagem em relação ao segundo colocado Stevan McAleer — que não passou do oitavo lugar na Virgínia. Ryan Hardwick e Jan Heylen, da Porsche, ocupam a terceira colocação com 57 pontos de diferença e ainda nutrem esperanças de uma virada em Atlanta.

O post Campbell e Jaminet vencem na Virgínia e se aproximam de título do IMSA na GTD Pro apareceu primeiro em Grande Prêmio.