Dono de equipe do IMSA é preso na Holanda por suspeita de lavagem de dinheiro

Frits van Eerd, proprietário e também piloto da equipe Racing Team Nederland, que disputa a temporada do IMSA, foi preso terça-feira (13) na Holanda após a polícia local cumprir um mandado de busca e apreensão em sua casa por suspeita de lavagem de dinheiro

Frits van Eerd, proprietário e também piloto da equipe Racing Team Nederland, que disputa a temporada do IMSA, foi preso na Holanda na terça-feira (13) por suspeita de lavagem de dinheiro. A polícia holandesa cumpriu um mandado de busca e apreensão de documentos na casa do competidor como parte das investigações.

Ao todo, nove pessoas foram detidas, incluindo Van Eerd, que também é CEO da marca Jumbo, uma rede holandesa de supermercados. A polícia investiga dinheiro e bens lavados por meio de transações imobiliárias, negociação de carros, depósitos suspeitos e contratos de patrocínio em competições de motocross.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Polícia cumpre mandado de busca e apreensão na casa de van Eerd (Foto: Reprodução/nos.nl)

Van Eerd já competiu no Mundial de Endurance, além da Le Mans Series europeia e, este ano, defende a sua equipe no IMSA. A participação do time na próxima etapa da competição, Motul Petit Le Mans, que encerra a temporada daqui a duas semanas, ainda não foi confirmada.

O holandês, junto com o co-piloto Giedo van der Garde e Dylan Murry, é atualmente o segundo colocado na classificação da Endurance Cup na classe LMP2.

LEIA TAMBÉM
Barrichello volta a pilotar Ferrari 17 anos depois no Campeonato Italiano de GT

O post Dono de equipe do IMSA é preso na Holanda por suspeita de lavagem de dinheiro apareceu primeiro em Grande Prêmio.